• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Carreira & Negocios

Comércio inicia contratações temporárias em Teresina

Esta iniciativa é uma aposta no crescimento das vendas até o final do ano, de acordo com o presidente da categoria

07/10/2019 07:07h - Atualizado em 07/10/2019 10:39h

Nesta primeira quinzena de outubro até a primeira quinzena de novembro, os estabelecimento comerciais de Teresina iniciam o processo de seleção de candidatos para ocupação de vagas temporárias. Segundo o Sindicato dos Lojistas de Teresina (Sindlojas), a expectativa é de aumento de vendas para o Dia das Crianças, comemorado no próximo fim de semana, bem como para as festividades de fim de ano, o que também resulta no aumento de empregos. “Ano passado as vendas foram abaixo da média, este ano esperamos mais”, afirma o presidente do Sindlojas, Tertulino Passos. 


Leia também: PI teve 300 contratações por dia no mercado de trabalho em agosto 


Este aumento de vendas é uma boa perspectiva dentro do cenário nacional da economia que ainda não caminha tão bem. No terceiro trimestre deste ano, a taxa de desemprego no Brasil atingiu 11,8% da população, uma média de 12,6 milhões de pessoas, segundo dados da Pnad Contínua, divulgados no dia 27 de setembro pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os números indicam uma pequena melhora em relação ao mesmo período do ano passado, que apontavam 12,1% e aos 12,3% da população desocupada do trimestre em maio de 2019. Esse recuo na estatística deve-se às pessoas que buscaram trabalhar de forma alternativa, como abrir o próprio negócio ou na informalidade, para não ficar sem uma atividade profissional. 


O gerente Gabriel Sousa acredita que a economia sinaliza um aumento de 15% nas vendas - Elias Fontinele/O Dia

“O Dia das Crianças é uma data importante, a terceira melhor data para o comércio e, por isso, todo mundo está preparado para um quadro de melhora. Este ano acreditamos que vamos ter um crescimento”, afirma Tertulino. 

Os empreendimentos na Capital também vibram na mesma expectativa. Segundo Gabriel Reduzino Sousa, gerente de uma loja de calçados, que tem quatro unidades no Piauí, o comércio espera crescimento das vendas. “Essas datas de fim de ano já têm, por si só, um aumento gradativo das vendas, mas estamos sempre antenados com a moda, atualizado com as novas tendências, e nos sentimos preparados para ter um aumento nas vendas de pelo menos 15% em relação ao ano passado”, afirma. 

A expectativa no fluxo de vendas também repercute no índice de contratação. De acordo com Gabriel, ano passado houve a contratação de oito funcionários para as vagas de fim de ano e, destes, cinco permanecem em suas posições. “Um dos nossos objetivos também é a geração de emprego, porque ela que movimenta o comércio. Este ano, de acordo com o aquecimento das vendas, também pensamos em disponibilizar outras vagas”, avalia. 

Por: Glenda Uchôa - Jornal O Dia

Deixe seu comentário