166 famílias assentadas no Piauí recebem os títulos definitivos de suas terras

Além da regularização fundiária, o órgão recebeu novos equipamentos e anunciou a cessão de áreas para perfuração de poços tubulares e construção de quadras poliesportivas

28/08/2020 09:03h - Atualizado em 28/08/2020 09:15h

Compartilhar no

A Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no Piauí entregou, em nesta quinta-feira (27), o título definitivo de terra para 164 famílias dos assentamentos Pitombeira e Almécegas, localizados nos municípios de Buriti dos Montes e Pau D’Arco, respectivamente.

Segundo Tiago Vasconcelos, superintendente do Incra-PI, a meta é conceder 500 títulos ainda neste ano e mais de três mil em 2021. “Temos recebido essa missão do governo federal e estamos certos de que é mais um passo na conquista de dignidade para as famílias, na busca por uma melhor qualidade de vida”, afirmou.

Evitando aglomerações, a cerimônia de entrega realizada na sede do órgão em Teresina contou apenas com cinco famílias de cada uma das comunidades. “Há muito tempo esperávamos por esse documento, que nos dá certeza de sermos os donos do local onde moramos”, disse Maria Eroneide Matos, presidente da associação do Fazenda Pitombeira.

Equipamentos

Giuseppe Vieira, diretor nacional de Desenvolvimento e Consolidação de Projetos de Assentamento do Incra, também acompanhou o ato de entrega dos títulos de posse. Na ocasião, repassou equipamentos topográficos, como GPS de precisão para serviços de georreferenciamento, e tablets para as supervisões ocupacionais. 


LEIA TAMBÉM: Incra aguarda liberação de crédito para construção de mil casas no PI 

“É um momento de muita importância para o Incra, tanto a entrega dos títulos quanto às demais ações da autarquia aqui no Piauí. A superintendência tem se destacado pelas parcerias com outros órgãos em diversos setores e na agenda da titulação”, declarou o gestor.

Cessões de áreas

Além dos títulos de posse e entrega de equipamentos, a cerimônia marcou a conclusão da reforma da sede regional do Incra-PI e a assinatura de cinco termos de cessão de área para a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e à Fundação de Esportes do Piauí (Fundespi).

A estimativa é que o órgão federal perfure três poços tubulares e impante caixas d'água nos assentamentos Saco Curtume, Marrecas, Zebulândia e Lisboa, todos no município de São João do Piauí. Já a pasta estadual pretende construir duas quadras poliesportivas, uma na área de reforma agrária 17 de Abril, em Teresina, e outra nos assentamentos Araras e Olho D’Água/Tabuleirão, em Amarante.



Compartilhar no
Fonte: Incra-PI
Por: Breno Cavalcante

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário