Dia dos Namorados: casais usam a criatividade para comemorar o amor

A data, celebrado hoje, vai ser comemorada de um jeito bem diferente este ano por conta da pandemia e isolamento social

12/06/2020 10:15h - Atualizado em 12/06/2020 11:02h

Compartilhar no

Uma das datas mais românticas para os casais, o Dia dos Namorados, celebrada hoje, vai ser comemorada de um jeito bem diferente este ano. Por conta da pandemia do coronavírus e das medidas de isolamento social, os casais estão se reinventando para curtir a data, mas respeitando o distanciamento e as recomendações dos órgãos de saúde.

Sem muitas opções, os casais estão tendo que se desdobrar para não deixar a data passar em branco e, nessas horas, a criatividade é uma ótima aliada. Juntos há sete anos, o casal de namorados Maria Clara Chaves (25) e Hiro Meneses (26) não se veem desde o dia 16 de março. Segundo ela, manter o relacionamento à distância tem sido um desafio diário. Apesar de longe, o convívio dos dois permanece intenso e eles têm descoberto outras formas de estarem juntos, ainda que cada um em suas residências.

Maria Clara e Hiro não se veem desde março (Fotso: Arquivo pessoal)

“O convívio permanece muito forte, mesmo não sendo ao vivo, tentamos ao máximo estar perto no dia a dia do outro, seja por ligação, por vídeo chamada ou até fazendo atividades juntos, como assistir série. A gente se liga e assiste o mesmo episódio simultaneamente, então mesmo que não seja fisicamente, continuamos próximos. E até em atividades do dia a dia mesmo. Eu sou arquiteta e ele engenheiro, então se estamos fazendo vídeo chamadas no computador enquanto fazemos as atividades e isso é uma maneira de ficarmos mais próximos”, explica.

Maria Clara conta que vez ou outra eles costumam enviar alguns agrados surpresa para amenizar um pouco da saudade. E para o Dia dos Namorados não seria diferente. Para a data não passar em branco, o casal está planejando realizar uma vídeo chamada e um encontro online. O casal costuma comemorar a data em casa, evitando aglomerações em restaurantes e outros estabelecimentos. Geralmente, eles preparavam o jantar, colocavam uma música ou até assistiam um filme enquanto curtiam a data na companhia do outro.

Leia também: "Para mim é uma data comercial", diz publicitário sobre Dia dos Namorados 

“Vamos fazer um date online. Cada um na sua casa, com sua bebida e aperitivos e vamos juntos. Agora não vai dar nem para fazer isso, vai ser cada um na sua casa. Isso aflora a criatividade, porque a gente tem que redescobrir novas maneiras de fazer as mesmas coisas que costumávamos fazer, que muitas vezes já eram automáticas. A gente precisa se fazer perto o tempo inteiro, até porque estamos passando por uma situação difícil e precisamos apoiar o outro de longe” Maria Angélica Chaves (28) e Darlan Júnior (31) namoram há nove anos e nunca ficaram tanto tempo longe um do outro. O casal, que costumava se ver todos os dias e dividia uma rotina, agora precisa se acostumar com uma nova forma de se manter próximo: através da internet.

Maria Angélica e Darlan estão juntos há nove anos e usam a tecnologia para estarem presente na rotina um do outro

“No Dia dos Namorados nunca gostamos muito de ir para restaurantes porque era sempre lotado, então quase sempre eu mesma preparava um jantar, alguma surpresa e, por mais que fosse combinado, eu tentava fazer algo para ser diferente do que foi no ano anterior. Mas este ano não estamos planejando nada, porque já sabemos que será complicado, então não estamos nem falando sobre isso para não criar uma frustração”, conta.

Surpreendendo o namorado durante a pandemia, Maria Angélica já chegou a enviar um presente, mesmo sem ser uma data comemorativa. Segundo ela, essa é uma forma de agradar e demonstrar que está sempre pensando no companheiro. Mesmo o casal não morando tão longe assim, ela na zona Norte e ele na zona Leste, os namorados estão há bastante tempo sem se abraçarem, o que tem feito muita falta.

“Não moramos muito longe, mas está sendo criada uma distância, sendo que antes a gente se via todo dia e dormia juntos todos dia. Acho que essa falta de estar junto, todo dia, quem está sentindo mais é ele do que eu, porque os amigos dele já me falaram isso, a irmã já me falou também. Apesar de cada um ter sua rotina, a gente sabia que no final do dia iria se encontrar e ficar junto e agora não podemos”, disse.

Maria Angélica explica que o casal até se vê, mas de longe, dentro do carro e sem qualquer contato físico. Isso porque Darlan trabalha com delivery e, com isso, tem contato direto com fornecedores, entregadores. Já a jovem está trabalhando de sua casa e não está tendo contato com outras pessoas. Por conta disso, o rapaz tem optado por não colocar a namorada em risco.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Isabela Lopes - Jornal O Dia

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas