Regina Duarte deixa a Cultura; Mario Frias deve assumir a pasta

Atriz foi remanejada para a Cinemateca de São Paulo. Presidente Jair Bolsonaro anunciou decisao no Twitter hoje.

20/05/2020 10:09h - Atualizado em 20/05/2020 11:56h

Compartilhar no

A atriz Regina Duarte deixou a Secretaria Especial da Cultura. O anúncio de sua saída da pasta foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro na manhã de hoje (20) pelo Twitter. Segundo o presidente, a atriz será remanejada para a Cinemateca de São Paulo.

“Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o Governo e a Cultura Brasileira, assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em SP. Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias”, escreveu o presidente.


Foto: Agência Brasil

Um dos nomes cotados para assumir a Secretaria Especial da Cultura é o do ator Mário Frias. Ontem, ele almoçou com Jair Bolsonaro e mais cedo, o presidente havia posado uma entrevista com o ator em suas redes sociais.

Amplamente criticada pelo desempenho à frente da pasta, Regina Duarte fez um desabafo na última sexta-feira em seu Instagram e se disse “vítima de infodemia”. Estou sendo vítima da 'infodemia': Matérias tendenciosas, maldosas, venenosas. Mas posso garantir que tudo nessa pandemia vai passar. Em breve vocês poderão ver os resultados da Cultura que quero pro meu país acontecendo, sob minha gestão. Não vou rebater os absurdos lançados contra mim, estou trabalhando muito E vou mostrar serviço!", postou a atriz.

Regina Duarte fez a publicação após a exoneração de Pedro Horta, secretário-adjunto da Secretaria Especial da Cultural, em portaria assinada pelo ministro chefe da Casa Civil, general Barga Netto. 


Aguarde mais informações.

Compartilhar no
Por: Maria Clara Estrêla

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário