Protestos pró e contra o governo marcam o 7 de Setembro em todo o Brasil

O presidente da República, Jair Bolsonaro, acompanhou a solenidade de hasteamento da bandeira no Palácio da Alvorada.

07/09/2021 10:07h - Atualizado em 07/09/2021 10:25h

Compartilhar no

Nesta terça-feira, 7 de Setembro, é comemorado o Dia da Independência. A data está sendo marcada por diversos protestos em todo o Brasil. As manifestações, pró e contra o governo, acontecem em diversas cidades e contam com a presença de manifestantes e apoiadores.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, acompanhou a solenidade de hasteamento da bandeira no Palácio da Alvorada. A cerimônia é realizada tradicionalmente nesta data, mas neste ano ocorre no dia em que o chefe do Planalto convocou manifestações a favor do próprio governo e com ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF).

(Foto: Alan Santos/PR- Agência Brasil)

Bolsonaro acompanhou o evento ao lado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e de aliados. Durante parte da cerimônia, ele ficou ao lado do vice-presidente Hamilton Mourão, com quem teve conflitos na relação política nos últimos dias.

Ao descer do carro, o presidente acenou a apoiadores que acompanham a cerimônia.

Bolsonaro saiu do Palácio da Alvorada e embarcou no Rolls-Royce presidencial, percorrendo o trajeto até a Praça das Bandeiras com crianças. Nem ele nem as crianças, no entanto, usavam máscaras.

Entre os ministros, a maioria estava sem a proteção facial, apesar da pandemia de covid-19. Os ministros Marcelo Queiroga (Saúde), Paulo Guedes (Economia), Flávia Arruda (Secretária de Governo) e Tereza Cristina (Agricultura) usavam a proteção.

PM libera manifestantes sem revista na Esplanada dos Ministérios

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, já estão na Esplanada dos Ministérios para as manifestações pró-governo deste 7 de Setembro. Ao contrário do anunciado pela Polícia Militar do Distrito Federal, não houve um cordão de revista na chegada dos manifestantes ao local.

Uma linha de policiais dispostos no acesso à área apenas assistiu passivamente à chegada de pessoas com quaisquer objetos. Ao longo dos ministérios, muitas barracas e pessoas estão portando varas e mastros de bandeiras. Vendedores ambulantes aproveitaram para acessar a área com seus carros. Até mesmo drones, cuja atuação seria limitada pelas autoridades nesta terça-feira, foram usados.

Somente no último trecho da Esplanada, já na altura do Ministério da Infraestrutura (no lado norte) e da Saúde (no lado sul) foram instalados detectores de metais - próximo de onde se espera que o presidente Jair Bolsonaro discurse no período da manhã. A revista neste ponto gerou longas filas e muita aglomeração, sendo que quase a totalidade dos manifestantes não utiliza máscaras de proteção contra a covid-19.

Manifestantes fazem protesto contra Bolsonaro no Centro do Rio

Manifestantes se concentram neste feriado de Sete de Setembro na Rua Uruguaiana, em trecho próximo à Avenida Presidente Vargas, na região central do Rio de Janeiro, para um novo ato contra o presidente da República, Jair Bolsonaro. A maioria dos participantes usa máscara e há pontos de aglomeração.

Os manifestantes carregam bandeiras com "Fora, Bolsonaro" e apresentam demandas diversas por cultura e educação, contra privatizações. Muitos carregam bandeiras de partidos de oposição ao governo, como PT e PCdoB, além de movimentos sociais.

(Foto: Fernando Martinez/Photopress/Estadão Conteúdo)

Centrais sindicais também apoiam a manifestação. Os organizadores esperam iniciar uma caminhada pela Presidente Vargas, mas o horário e o percurso ainda estavam sendo definidos. Guardas municipais e policiais militares acompanham o protesto e orientam o trânsito na região.

Compartilhar no
Fonte: Estadão Conteúdo

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário