Governador do Tocantins é afastado do cargo pelo STJ

Mauro Carlesse (PSL) é investigado em suposto esquema de pagamento de propina e obstrução de investigações.

20/10/2021 08:48h

Compartilhar no

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse (PSL), foi afastado do cargo por seis meses por determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Carlesse é investigado em um suposto esquema de pagamento de propina e obstrução de investigações. A decisão do afastamento é do ministro Mauro Luiz Campbell e será submetida ainda ao Plenário da Corte, que pode mantê-la ou revogá-la.


Mauro Carlesse foi afastado do cargo por decisão do STJ - Foto: Nilson Chaves/Governo do Tocantins

Durante esta quarta-feira (20), a Polícia Federal faz buscas na casa de Mauro Carlesse e na sede do governo tocantinense. Na mesma operação há também mandados de busca e apreensão contra secretários estaduais. Por meio de nota, a PF informou que as operações investigam o pagamento de propina relacionado ao plano de saúde dos servidores estaduais e obstrução de investigações, além da incorporação de recursos públicos desviados ao patrimônio dos investigados.

"As investigações reuniram um vasto conjunto de elementos que demonstram um complexo aparelhamento da estrutura estatal voltado a permitir a continuidade de diversos esquemas criminosos comandados pelos principais investigados", diz a Polícia Federal em nota.

O Palácio Araguaia, sede do Governo do Tocantins informou que ainda não foi oficialmente notificado da decisão de afastamento do governador Mauro Carlesse.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário