• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • Clínica Shirley Holanda
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Teatro da Uespi é indicado a categorias no prêmio Melhores do Teatro Piauiense

As categorias indicadas foram melhor espetáculo, melhor atriz, melhor cenografia, melhor maquiagem e grupo de destaque do ano.

06/11/2019 08:57h - Atualizado em 06/11/2019 09:08h

O grupo de teatro da Universidade Estadual do Piauí foi indicado a cinco categorias do prêmio Troféu Melhores do Teatro Piauiense 2019. A premiação é concedida pelos diretores de teatro Aci Campelo e Edson Junior. O grupo participará da solenidade nesta terça-feira (5), às 19h, no Teatro 4 de setembro.

As categorias indicadas foram melhor espetáculo, melhor atriz, melhor cenografia, melhor maquiagem e grupo de destaque do ano. O diretor do grupo, Moisés Chaves, disse estar muito contente com as indicações. “Nos últimos quatro anos, o grupo tem se mostrado efetivamente para a cidade, saído dos muros da instituição. E a gente recebe esse prêmio com muita alegria, mas queremos mais, que nosso trabalho seja reconhecido, não só pela comunidade acadêmica, mas pela cidade, estado e país”, destaca.

Integrante do grupo há quase sete anos, Gilvana Morgana, foi indicada para a categoria de melhor atriz. Ela já foi protagonista em diversas peças, como O Santo Inquérito. Para ela, a indicação representa o reconhecimento do esforço do grupo. “Nós somos um grupo que faz um teatro de qualidade. Para mim é gratificante ter o reconhecimento do meu trabalho e do trabalho do grupo”, pontua.


 Teatro da Uespi é indicado categorias no prêmio Melhores do Teatro Piauiense. Divulgação

Prêmio Troféu Melhores do Teatro Piauiense 2019

A premiação, que existe desde 2012, homenageia este ano o humorista João Cláudio Moreno.  O Troféu tem 15 categorias, destacando as categorias artísticas: Melhor Ator / Atriz, Melhor Ator / Atriz Revelação, Melhor Diretor/a e Melhor Espetáculo. “Este ano tivemos 13 espetáculos concorrentes, nas vertentes teatrais de rua, palco italiano, monólogo e infantil. Foram indicados 3 em cada categoria. Destacando-se: ‘O Santo Inquérito’, do Grupo de Teatro da Uespi. ‘O Soldado e Florista’,  do Humanitas Grupo de Teatro, e ‘Diário de uma Camareira’, do Grupo de Teatro Nazar”, explica Edson Junior, que pontua que é formado uma curadoria e uma comissão julgadora que assiste e elege os espetáculos.

Ele ressalta que ser produtor da premiação oficial do estado à arte do teatro, consegue ser a abertura de circular e transitar pelo meio de todos os grupos e coletivos. “Uma satisfação imensa de poder coordenar a entrega da estatueta mais esperada. Como um grande evento que é o melhor é ver nossos colegas ‘disputando’, ganhando ou não, mas se alegrando com os resultados e torcendo por todos os concorrentes”, diz.

O grupo realizou seus primeiros espetáculos fora de Teresina. As peças O Santo Inquérito e As Molecagens do Vovô foram apresentadas nos dias 25 e 26 de outubro em Parnaíba.

Grupo de Teatro ao final da apresentação em Parnaíba

O diretor Moisés Chaves ressaltou que a repercussão do grupo na cidade foi bastante positiva. “Tivemos um acolhimento da cidade e o grupo teve uma representatividade muito bom com a comunidade acadêmica do campus da Uespi. A peça infantil ‘Molecagens do Vovô’ foi muito bem recepcionada”, disse.

A professora Clara Adad, do curso de Direito em Parnaíba, assistiu a peça “O Santo Inquérito” com seus alunos. Para ela, foi muito bom poder contar com uma peça tão rica em conteúdo. “Os alunos que foram me deram ótimos feedbacks. Fora que o fato do grupo ser da Uespi traz uma sensação de orgulho coletivo”, comentou.

“O grupo está de parabéns, adaptação de alto nível, digna de ser levada aos grandes culturais, o público só teceu elogios. Tivemos a oportunidade de levar pra sala de aula discussões em torno do papel da mulher na sociedade, bem como o papel da igreja no contexto brasileiro do Século XVIII”, destacou a professora Irami Soares, do curso de Letras Português.

As apresentações tiveram o apoio da Administração Superior da Uespi, Fundação Monsenhor Chaves e da Secretaria do Governo do Estado.

Fonte: ASCOM

Deixe seu comentário