• COMBATE AO MOSQUITO AEDES AEGYPTI 2019 - 2020
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Projeto piauiense traduz músicas de Luiz Gonzaga para Alemão

O projeto não tem intuito financeiro. Todo o valor da venda será destinado para obras de caridade da Igreja Católica

10/01/2020 17:35h

Uma iniciativa de piauienses traduziu para a língua alemã músicas do Rei do Baião, Luiz Gonzaga. A obra gravada em catedrais da Europa e em estúdios do Piauí e Ceará traz canções do artista nordestino que tratam sobre ecologia e religiosidade, como Súplica Cearense, Asa Branca e Ave Maria Sertaneja.

O projeto foi idealizado pelo professor Wilson Seraine depois que ele recebeu de um amigo um livro em alemão que relatava os problemas do Nordeste brasileiro e trazia músicas de Gonzaga em alemão. A ideia, compartilhada com amigos, foi parar no país germânico.

“Quando estávamos preparando uma exposição do Luiz Gonzaga por conta do centenário, Reginaldo Silva, que tem um museu itinerante, nos presenteou com um livro que fala da seca, dos problemas do Nordeste, escrito por um pesquisado alemão. E, no livro, tinha várias músicas, entre elas do Luiz Gonzaga”, explica Seraine.

Wilson Seraine possui extensa produção cultural entorno da obra de Luiz Gonzaga (Foto: Elias Fontinele / O DIA)

As música foram traduzidas peloFrei Adolfo Temme, que logo depois viajou à Alemanha para gravação de parte da obra.  “O Frei Adolfo Temme  traduziu as músicas e gravou na Alemanha nos órgãos bonitos das igrejas antigas. Quando chegou aqui vimos todo o material e gravamos aqui em Teresina, depois em Juazeiro do Norte onde acrescentamos os instrumentos típicos do nordeste, como a Sanfona, o  Zabumba e saiu essa beleza”, revelou.

O CD foi lançado recentemente em Teresina e está disponível em livrarias e lojas do segmento em Teresina. O projeto não tem intuito financeiro. Todo o valor da venda será destinado paraobras de caridade da Igreja Católica.

“Todo nordestino tem a obrigação de divulgar a obra de Luiz Gonzaga. Ele remete a tudo que o nordeste tem, tanto as coisas boas como as que causam problemas, com a seca. Eu trabalho a obra do Luiz Gonzaga há mais de 20 anos. Já são 5 livros publicados, temos o programa de rádio há 13 anos, criamos a procissão da Sanfona, a missa de Santa Luzia”, finaliza Wilson Seraine. 

Por: Otávio Neto

Deixe seu comentário