• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Bloquinho de carnaval é lançado para animar prévias na capital

O grupo também realiza um bloquinho, no dia 9 de fevereiro, às 15h, no Sapucaia Eventos, bairro Por enquanto, no Centro Norte.

21/01/2020 09:18h - Atualizado em 21/01/2020 12:07h

Uma das bandas mais tradicionais de Teresina, o Grupo 100% Só Pra Sambar já iniciou a preparação para as prévias carnavalescas em todo o Estado com repertório recheado de samba, marchinhas, axé e sucessos da temporada, como o brega funk. O grupo também realiza um bloquinho, no dia 9 de fevereiro, às 15h, no Sapucaia Eventos, bairro Por enquanto, no Centro Norte.

Com maratona intensa de ensaios, a banda promete transformar a folia momesca em uma experiência única. Além do “Bloquinho do 100%”, que está em sua 2ª edição, a ideia é animar prévias carnavalescas em barzinhos, pubs, botecos e restaurantes. 

“Nosso repertório geralmente tem três horas. Iremos dedicar boa parte desse tempo às marchinhas, axé e sucessos que fazem a cabeça do povo”, revela o vocalista Júlio César Frazão.

Entre as atrações do Bloquinho do 100% Só Pra Sambar estão: Doce Ilusão, Júnior Masca, Lucas Davi, Leylianne Monteiro e Vando do Trombone & Fervendo Frevo. Há 21 anos sendo referência na cena musical de Teresina, o grupo faz shows o ano inteiro e mescla ritmos da atualidade, samba tradicional e pagode 90.

“A maior conquista do grupo 100% é continuar sendo referência no cenário musical teresinense do samba ao longo desses anos, mesmo com a concorrência com outros ritmos, como forró e sertanejo”, destaca Marcos Vinícius, vocalista e empresário.

Atualmente, o grupo realiza cerca de 40 apresentações por mês, em todas as regiões da capital e em Timon-MA. Bares, restaurantes, pubs, aniversários e formaturas fazem parte da agenda do 100% Só Pra Sambar.

O grupo é composto por 7 integrantes: Júlio César Frazão (vocalista), Marquinhos (vocalista e tantã), Deyvson Dido (pandeiro), Rhômulo Vinícius (surdo), Dilsinho Carvalho (cavaco), Júnior Bolota (violão) e Mozart Carvalho (teclado).

CD tem sucessos do pagode, clássicos do samba e canção autoral

O grupo 100% Só Pra Sambar lançou, no ano passado, CD próprio com sucessos da atualidade, clássicos do samba e música autoral. O material está disponível para download nas redes sociais da banda e em plataformas digitais.

Em 13 faixas, o CD mescla hits de Dilsinho, Ferrugem, Pixote, Turma do Pagode e Vou Pro Sereno, além do clássico musical "Como Eu Amei", de Benito de Paula. Uma das canções é autoral, chamada "Pra Nós Dois", e abre a playlist.

Para baixar o CD, a banda disponibilizou link no perfil do instagram (@100soprasambar) ou por meio do endereço eletrônico www.suamusica. com.br/pranosdois. 

"Estamos muito felizes com a repercussão em pouco tempo de lançamento. É o efeito da instataneidade das redes sociais. Valorizamos bastante nossos seguidores", conta Júlio Frazão, comemorando a boa fase.

Histórias do pagode baiano ao samba raiz Para elencar as conquistas do projeto, é preciso voltar no tempo e contar a história da banda. “Tudo surgiu em 1998, através de uma brincadeira com meus outros dois irmãos. Começamos a tocar sambar em casa para receber amigos em dias de churrasco e confraternizações familiares.

Depois, muitos gostaram e disseram que éramos ‘cem por cento’ em tudo que fazíamos, e que este deveria ser o mote do grupo. A partir daí, o que era somente um hobby, virou nosso meio de vida”, relembra Marcos Vinícius.

Para buscar espaço, a banda teve que se adequar às exigências do mercado da época e até incluir o pagode baiano no repertório. “Como o mercado é cíclico, o samba caiu um pouco e deu espaços a outros ritmos, como a suingueira, que veio no auge do Harmonia do Samba, no início dos anos 2000”, explica o empresário que, com a saída dos irmãos, decidiu focar apenas no samba e abandonar o ritmo baiano.

Repertórios clássicos e hits da atualidade 

Na fase atual, o ponto forte da banda é o repertórioque mistura os clássicos do samba com pagodes atuais.“É uma verdadeira viagem no tempo. Incluímos os sucessos de sambistas como Benito Di Paula, Jorge Aragão, Alcione e Arlindo Cruz, com Pagode 90, como Belo, Exaltasamba, Os Travessos e Sorriso Maroto, e hits da atualidade, como Ferrugem, Dilsinho, Turma do Pagode e Tiaguinho. 

Agradamos a todos com essa pluralidade de vertentes do samba”, avalia Marquinhos, que já tocou com atrações nacionais, como Revelação, Jhonatan Alexandre e Aglomerou.

Rede social 

O grupo 100% Só PraSambar tem uma interação forte com seguidores por meio do Instagram, o que gera alto engajamento, com fotos, vídeos, biografia, agenda e sorteios.

A banda inova no cenário musical e oferece ao público uma novidade: no momento do show, os fãs podem pedir músicas por meio do @100soprasambar e são atendidos instantaneamente.

“As pessoas gostam de ouvir suas canções preferidas. Isso gera um contrato afetivo entre a gente no palco e quem nos acompanhar. É uma troca gostosa”, brinca o vocalista.

Edição: Luiz Carlos de Oliveira

Deixe seu comentário