• Natal
  • Policlinica
  • Motociclista
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Alunos fazem história em quadrinho sobre Niède Guidon

Estudantes de Oeiras estão organizando uma campanha de financiamento para imprimir as edições.

04/09/2019 10:24h

A vida da arqueóloga Niède Guidon, de 85 anos, conhecida mundialmente por preservar a Serra da Capivara, foi contada por alunos de uma escola da primeira capital do Piauí, Oeiras. Após estudarem a trajetória de luta de Niède, os alunos, inspirados na dissertação “Niède Guidon: a mulher original”, retrataram o que aprenderam em uma revista de história em quadrinhos.

Segundo o professor de literatura e língua inglesa, Vivaldo Simão, a revista é fruto de projetos realizados na escola sobre literatura e empreendedorismo. No total, 14 estudantes participaram do roteiro da narrativa e cinco estudantes fizeram as ilustrações; cada um utilizando suas características e com objetivo final de representar os 40 anos de obstáculos de Niède a frente de pesquisas na Serra da Capivara.

“O tema central da revista são as lutas da Niède, eles criaram personagens relacionados com os supostos inimigos dela. O primeiro é alguém que não cuida do patrimônio, chamado Cabeça Dura; outro é um maluco americano que defende outra teoria; temos um caçador que matava os animais para comer e um político que não apoiava a iniciativa da Niède, além da sua equipe”, descreve Vivaldo Simão.


Foto:Reprodução

De acordo com o professor, o primeiro passo foi criar os personagens com suas características e, a partir disso, começaram a criar o roteiro da narrativa, no molde de uma história em quadrinho. “O segundo passo era o projeto de empreendedorismo desenvolvido pelo Sebrae, então os alunos tiveram que montar uma empresa e vender produtos ou serviços. E eu sugeri que a gente explorasse o que já tínhamos criado, que tentássemos publicar a revista e promover a venda e o evento de lançamento”, conta.

Ana Maria tem 15 anos e cursa o 1° Ano do Ensino Médio. Ela participou do roteiro da revista e conta que a história de Niède Guidon é fascinante. “O principal personagem que mais chamou atenção foi o Cabeça Dura, que representa todas as pessoas que não veem a importância da história na vida delas. E não sabem o seu passado e a relevância que tem para a humanidade. E a nossa escola trabalha projetos como este, porque sem saber de onde nós somos, a gente não chega a lugar nenhum”, fala.

Um dos desenhistas da revista é Raul Silvestre, de 14 anos, que já trabalha com pintura e desenho, e conta que as ilustrações foram fáceis de criar. “Não foi difícil desenhar tomando como partida o desenho tradicional de uma história em quadrinho, assim é fácil criar o designer e as características”, explica.

Emília Fernanda, de 14 anos, acredita que a revista pode mudar a forma das pessoas verem a Serra da Capivara. “A revista é diferente das outras histórias em quadrinhos que falam de super-heróis e histórias fictícias. A nossa é baseada em história real e fala da nossa cultura, ela é importante para o próprio ensino em escolas e universidade”, defende.

Campanha de financiamento

E os estudantes estão organizando uma campanha de financiamento coletivo online, através do site Kickante, para imprimir 1000 cópias e arcar com as despesas do lançamento. “O lançamento será na Praça de Eventos, localizada no centro de Oeiras, junto com os outros trabalhos da escola, com música ao vivo, no dia 28 de setembro. No site, as pessoas podem ajudar e adquirir a versão física ou em pdf”, diz Caio Artur, de 14 anos.

Além do site de financiamento (Kickante), os estudantes estão fazendo rifas, irão vender mesa para o dia do show e procurar patrocínio com empresas locais. O valor das tiragens e os custos são de R$ 5.000,00 e a revista impressa custará R$15.

Edição: Virgiane Passos
Por: Sandy Swamy

Deixe seu comentário