• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Zona Sudeste: atos de vandalismo causam prejuízo de R$ 70 mil

Os estragos são danos em lixeiras, calçadas e até em obras recentemente inauguradas.

27/10/2019 09:28h

De janeiro a agosto deste ano, a SDU Sudeste investiu R$ 70 mil na recuperação de áreas públicas devido a ação de vandalismo. Os estragos são danos em lixeiras, calçadas e até em obras recentemente inauguradas. Pichações e furtos de cabos de energias também são cada vez mais frequentes.

A depredação e furtos de luminárias e cabos elétricos ocorrem, principalmente, em áreas onde há pouca trafegabilidade e no período noturno, quando se tornam vulneráveis.

Além do prejuízo causado para a Prefeitura, a ação de vândalos afeta atividades desenvolvidas nos espaços públicos no período da noite pelos moradores da região.

“É difícil controlar os atos de vandalismo e furtos. Pedimos que a população nos avise sempre ao perceber este tipo de ação. Essa prática custa caro ao contribuinte e é importante que o cidadão denuncie”, disse o superintendente executivo da SDU Sudeste, Isaac Meneses.

Evandro Hidd, superintendente da SDU Sudeste, explicou que investimentos para renovar os equipamentos danificados, causam prejuízos consideráveis para o orçamento municipal. “Toda vez que nós somos obrigados a investir em recuperação, por conta do vandalismo, deixamos de investir em outros equipamentos. Hoje está acima de R$ 70 mil de investimento, de retrabalho, em função do vandalismo na cidade. A gente sabe que essa conta pode crescer até o final do ano, infelizmente, mas nós não vamos descansar”, garantiu Hidd.

O superintendente alerta ainda que os recorrentes casos de vandalismo descaracterizam a cidade. “É uma situação muito complexa, um prejuízo financeiro, moral e comportamental em termos de sociedade. É um reflexo da falta de respeito com espaço público e o próximo”, finalizou.

Por: Da redação

Deixe seu comentário