Teresina reduz de 3 meses para 2 o intervalo entre a primeira e segunda dose da Pfizer

FMS abre agendamento hoje às 18 horas para a segunda dose da Pfizer e para segunda dose da Coronavac. Confira no seu cartão a data de aplicação.

08/10/2021 11:28h

Compartilhar no

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) anunciou nesta sexta-feira (08) que Teresina vai reduzir o intervalo de aplicação entre a primeira e a segunda dose da vacina Pfizer contra a covid-19 de três para dois meses. A medida segue orientação do Ministério da Saúde. Com a mudança, as pessoas que receber o imunizante da Pfizer na capital poderão tomar a segunda dose oito semanas após a primeira aplicação.

Além da redução do intervalo da vacina da Pfizer, a FMS anunciou também a abertura de agendamento para todas as pessoas com segunda dose desta vacina marcada até o dia 14 de novembro. O agendamento abre hoje (08) a partir das 18 horas. Neste mesmo horário, também poderão agendar vacina as pessoas com segunda da Coronavac marcada até o dia 17 de outubro no cartão de vacinação. 


Foto: Divulgação/Sesapi

O agendamento é feito pelo site Vacina Já em “agendamento público alvo”. O paciente deve escolher o grupo a que pertence, marcar a opção “Já tomei a 1ª dose e quero agendar a segunda” para então escolher dia, hora e local da vacinação.

Já a segunda dose da vacina Astrazeneca será dada em sistema drive thru. A coordenadora da campanha de vacinação contra a Covid-19 em Teresina, conta que de segunda (11) a sexta-feira (15) a Fundação Municipal de Saúde (FMS) vai disponibilizar quatro pontos de vacinação em diferentes zonas da cidade:

  • ADUFPI
  • Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU – Norte)
  • Terminal do Bela Vista
  • Terminal do Itararé

“Lembramos que a vacinação por drive thru é livre demanda, ou seja, não precisa de agendamento”, reforça a coordenadora. Os pontos estarão abertos das 9h às 17h e segue a logística já adotada nos drives thrus anteriores: mulheres pela manhã (9h às 13h) e homens no turno da tarde.

No momento da vacinação, é preciso apresentar os seguintes documentos: CPF ou cartão do SUS, documento de identificação com foto e o cartão de vacinação com o registro da primeira dose. Pessoas que tomaram a primeira dose em outro município devem apresentar ainda um comprovante de residência em Teresina.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Fundação Municipal de Saúde

Deixe seu comentário