Teresina: Guarda Municipal reduz viaturas e interrompe patrulhamento em estações de ônibus

Secretaria Municipal de Governo diz que medida é “questão administrativa” e que segue a demanda e as decisões do prefeito.

01/11/2021 12:54h - Atualizado em 01/11/2021 13:02h

Compartilhar no

Em agosto deste ano, a Guarda Civil Municipal de Teresina (GCM) iniciou a Operação Parada Segura para fazer o patrulhamento das estações de ônibus do sistema de transporte de Teresina. Com duração de 90 dias, a ação deverá ser interrompida antes do previsto. Isto porque a Guarda Municipal deverá reduzir a frota de viaturas em circulação pela cidade.

A informação foi confirmada ao Portalodia.com pela assessoria de comunicação da Prefeitura de Teresina. Atualmente, os veículos que compõem a frota da Guarda Municipal são locados em contrato firmado entre a PMT e uma empresa privada. Este sistema de locação, segundo informa a nota, é “mais viável economicamente, frente à aquisição e manutenção de veículos próprios”.

Com a redução da frota, a Guarda Municipal irá reposicionar os agentes em novos postos fixos na cidade. “Houve mudança na estratégia operacional da GCM e está sendo viabilizada a instalação de mais postos fixos, modelo inaugurado na atual gestão e que já está em funcionamento nas avenidas Raul Lopes e Marechal Castelo Branco, além do complexo esportivo Parentão”, diz a PMT.


Foto: Prefeitura de Teresina

Em conversa com o Portalodia.com, o secretário municipal de Governo de Teresina, André Evangelista afirmou que a redução da frota não está relacionada com eventuais dificuldades de renovação da frota com a empresa que locas os veículos. Segundo o gestor, o efetivo da GCM e a necessidade de veículos passa por revisão periodicamente conforme o entendimento do prefeito Dr. Pessoa.

“São questões administrativas que a Semgov está analisando e no momento oportuno será comunicado. Todos os contratos passam periodicamente por análise conforme necessidade. O efetivo da Guarda e a necessidade de veículos passa por revisões, então no momento em que o prefeito entender que deve aumentar ou diminuir a quantidade de viaturas a gente vai fazer de acordo com o que for necessário”, explicou André Evangelista.

A Prefeitura esclareceu que a missão da Guarda Civil Municipal é a preservação do patrimônio do município e o efetivo segue em patrulhamento preventivo em todas as zonas da cidade.

Confira abaixo a nota da Prefeitura de Teresina na íntegra:

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Teresina esclarece que a opção pela locação dos veículos se dá por ser mais viável economicamente, frente à aquisição e manutenção de veículos próprios. Sobre a redução da frota e o fim da operação Parada Segura, houve mudança na estratégia operacional da GCM e está sendo viabilizada a instalação de mais postos fixos da GCM, modelo inaugurado na atual gestão e que já está em funcionamento nas avenidas Raul Lopes e Marechal Castelo Branco, além do complexo esportivo Parentão.

A missão da Guarda Civil Municipal é a preservação do patrimônio do município e o efetivo segue em patrulhamento preventivo em todas as zonas da cidade.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário