• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • Clínica Shirley Holanda
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Seis homens são presos durante furto à clínica no Centro de Teresina

Todos serão atuados por associação criminosa e furto qualificado.

30/10/2019 12:34h - Atualizado em 31/10/2019 16:31h

Seis homens foram presos durante tentativa de furto a uma clínica de odontologia no Centro de Teresina, na madrugada desta quarta-feira (30). Todos serão atuados por associação criminosa e furto qualificado. 


De acordo com delegado titular do 1° DP, Sérgio Alencar, cinco deles foram presos em flagrante durante diligências noturnas no Centro da Capital. 

O delegado Sérgio Alencar, titular do 1º DP, conta como ocorreu o crime. Foto: Assis Fernandes 

“A gente estava fazendo diligências noturnas no Centro quando encontramos cinco deles praticando assalto a essa clínica de odontologia. O outro prendemos na manhã de hoje. Os bens foram apreendidos e serão restituídos a vítima”, disse. 

Ainda segundo o delegado, os suspeitos entraram na clínica pela porta da frente e levaram o que conseguiram para o antigo prédio do INSS, localizado na praça João Luiz Ferreira.

“Eles arrombaram a porta central da clínica e estavam levando todos os bens para o antigo e abandonado prédio do INSS, na praça João Luiz Ferreira. Ali é um ponto noturno deles, mas a polícia já tem conhecimento e sempre que possível nós autuamos em flagrante ou representamos pela prisão por meio de mandados”, explicou.

Além de um notebook, cadeiras, um microondas e aparelhos de som foram recuperados. Foto: Assis Fernandes

O dono da clínica, Miguel Arthur, conta que a empresa já foi assaltada duas vezes neste ano. “Da última vez eles (criminosos) entraram pela parte de cima. O que espantou é que eles estavam carregando tudo, só não conseguiram levar os equipamentos porque eram pesados. O mais caro já foi recuperado”, relata.

Homens presos durante a ação. Foto: Assis Fernandes

Os presos foram identificados como Cleiton de Morais Nascimento, Francisco Santos das Chagas, Roberto Neponuceno Dias, Jhonatas Neves Ribeiros, Diego Prates Faria Santos e Adelson Soares dos Santos. Eles foram encaminhados à Central de Flagrantes de Teresina onde devem responder pelos crimes de associação criminosa e furto qualificado.

Edição: Adriana Magalhães
Por: Jorge Machado, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário