• SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

SAMU Teresina recebeu um trote a cada dois dias

De janeiro a julho de 2019, o Serviço recebeu trotes que ocasionaram em 119 deslocamentos de ambulâncias

07/09/2019 13:22h

Segundo levantamento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Teresina, foram realizados de janeiro a julho deste ano um trote a cada dois dias. Isso representou 119 deslocamentos de ambulâncias para atendimentos de falsas ocorrências. Com a modernização dos sistema do 192, agora é possível registrar os números que acionaram indevidamente o Serviço.

“O SAMU implantou um moderno sistema de call center e linhas telefônicas digitais na sala do 192. Isso possibilita que a gente deixe registrado o número da pessoa que passou trote. Então, nas próximas ligações, a telefonista verá essa informação”, explica a diretora do SAMU, Francina Amorim.

Foto: Ascom/FMS

O caso só é considerado trote quando a pessoa liga para o 192 e passa uma informação falsa que gera envio desnecessário de ambulâncias para o local solicitado. “Isso é criminoso e prejudica o nosso trabalho de salvar vidas, onde o tempo é precioso”, finaliza Francina Amorim.

A enfermeira do SAMU, Tânia Furtado, relembra uma ocasião em que a sua equipe foi deslocada para um trote de acidente de trânsito envolvendo criança. “Isso é um crime. Nós estávamos preocupados, gastamos combustíveis, separamos materiais, perdemos tempo, quando poderíamos estar atendendo uma ocorrência real”, comenta.

O SAMU é um programa do Governo Federal, administrado pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) e que presta socorro a pacientes em caso de urgência clínica, obstétrica, traumática e psiquiátrica. Atualmente, dispõe de oito ambulâncias básicas, três avançadas e quatro motolâncias.

Por: Da redação

Deixe seu comentário