Ricardão RD lança seu novo single de trabalho

O single é mais uma música que marca o ingresso de Ricardo RD ao mercado, agora como cantor autoral, depois de emplacar letras de sucesso.

16/04/2019 06:59h

Compartilhar no

Antes mesmo de se lançar como cantor, Ricardão RD já era sucesso com suas composições. Piauiense com alma carioca, largou o Piauí há 20 anos para viver no Rio de Janeiro. Agora, retomando seus laços com o Estado, prepara-se para lançar sua nova música de trabalho, intitulada “Ô seu guarda”. O single é mais uma música que marca o ingresso de Ricardão RD ao mercado, agora como cantor autoral, depois de emplacar letras de sucesso. 

Natural de Parnaíba, Ricardão RD mudou-se para o Rio de Janeiro para seguir uma vida militar. Enquanto servia as forças armadas, paralelamente, escrevia músicas. Por lá, teve a oportunidade de compor e vender letras para um escritório de composições. O contrato acabou levando suas canções adiante. Canções de sua autoria ganharam a voz de grandes nomes da música sertaneja nacional.

Como compositor, e através da venda das letras, Ricardão RD conseguiu emplacar letras de sucesso na atualidade: “Não deixo não” foram gravadas por Mano Walter e Edson e Hudson; “Sorte que cê beija bem” estourou nas vozes de Maiara e Maraísa; e “Homem de família” caiu no gosto do público com a interpretação de Gusttavo Lima. 


Foto: Assis Fernandes/O Dia

Depois de ver que suas letras poderiam fazer sucesso, Ricardão RD decidiu se lançar como músico autoral. Ele já cantava na noite, mas lançou sua carreira profissional apresentando alguns de seus singles. Em São Paulo lançou “Hidrante de sal grosso”, ou como é também chamada, a música “Ziquizira”. A canção foi à primeira música de trabalho e já possuiu clipe lançado. 

Com um sonho de retorno ao Piauí, Ricardão RD escolheu seu estado de origem para lançar mais uma música de trabalho, a “Ô seu guarda”. A música fala sobre um rapaz que está ouvindo um som alto por causa de uma desilusão amorosa e começa a beber. Um guarda chega para pedir que ele baixe o som e ele naquele momento de sofrimento ele diz “Ô seu guarda, tira essa farda e vem beber comigo”.

Para compor essa e outras músicas, Ricardão diz que sempre recorre a um repertório de histórias. “A gente sempre usa uma história própria ou de conhecido. E às vezes a gente pega um apanhado do que é real e faz uma ficção em cima. O que é bom pra musica é terminar em um mar de rosas”, comenta sobre as letras.

A música “Ô seu guarda” já está disponível nas plataformas digitais e sendo trabalhada nos perfis de Ricardão RD nas redes sociais.

Compartilhar no
Por: Yuri Ribeiro - Jornal O Dia

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário