Queda de avião em Teresina: Piloto pode ter tentado pouso forçado

A constatação é dos primeiro levantamentos realizados pela equipe do Corpo de Bombeiros

28/08/2020 16:28h - Atualizado em 28/08/2020 16:55h

Compartilhar no

O piloto do avião bimotor que caiu na tarde desta sexta-feira (28)  nas proximidades do Parque de Exposição Dirceu Arcoverde, na comunidade Taboca do Pau Ferrada, em Teresina, pode ter tentado um pouso forçado ao perceber problemas mecânicos na aeronave. A constatação é dos primeiro levantamentos realizados pela equipe do Corpo de Bombeiros

“Fomos acionado e de imediato viemos para o local da ocorrência. Agimos rápido para apagar o fogo evitamos que o fogo se alastrasse. De início, encontramos uma corpo carbonizado e fazemos uma varredura para ver se encontrávamos outro foco de incêndio ou alguma outra vítima", revelou o tenente Rafael Medeiros, do Corpo de Bombeiros

Para ele, pelos destroços é possível perceber que o piloto tentou pousar a aeronave. "O serviço de inteligência está colhendo as informações para repassar com mais veracidade. Pelo que vimos, o piloto tenha tentado um pouso forçado, mas não podemos confirmar sem as informações necessárias", disse Rafael. 

Foto: Jailson Soares / O Dia

Foto: Jailson Soares / O Dia

O tenente comentou anda que até o momento as informações colhidas são de que o avião partiu do aeródromo Nossa Senhora de Fátima, na Cacimba Velha, zona rural da capital. O piloto foi identificado apenas como Leonardo. A suspeita é a de que o avião de pequeno porte tenha apresentado problemas mecânicos logo após a decolagem, há poucos quilômetros do local do acidente.

Apesar dos levantamentos do Corpo de Bombeiro, as causas do acidente devem ser esclarecidas pela investigação que deve ser instaurada pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

Foto: Jailson Soares / O Dia

Compartilhar no
Por: Otávio Neto

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário