Protesto contra a Previdência para o trânsito no Centro de Teresina

Reunidos em frente ao prédio do INSS, no Centro de Teresina, as categorias pedem que a proposta seja revista.

22/03/2019 10:57h

Compartilhar no

Centrais sindicais se reuniram na manhã desta sexta-feira (22) para protestar contra a Reforma da Previdência, que tramita no Congresso Nacional. Com a concentração no prédio do INSS, próximo à praça da Bandeira, e a quantidade de veículos que acompanhavam a manifestação o trânsito na região central da cidade parou. 


Protesto que ocorreu no dia 20 de fevereiro, data que o Presidente entregou a nova proposta ao Congresso. Foto: ODIA

Fernando Feijão, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em empresas de Transportes Rodoviários de Teresina (Sintetro), explica que a categoria apoia o movimento e as linhas que passam pela Praça da Bandeira estão paradas no local. “Devido a quantidade de veículos e pessoas a melhor solução foi parar os ônibus que passam pelo local da manifestação, porém, as outras linhas estão circulando normalmente”, disse. 

O presidente do Sintetro afirmou que a paralisação dessas linhas está ligada diretamente ao protesto contra a Reforma da Previdência e que no fim da manhã todas as linhas estarão operando normalmente em toda a cidade. “O protesto é válido. É algo que está acontecendo em todo o Brasil. E a nossa categoria também não está contente com essa nova proposta de reformam, então apoiamos os protestos”, afirmou. 

Compartilhar no
Edição: Sintetro
Por: Geici Mello

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário