Professores concursados e substitutos se manifestaram hoje (20), reivindicando direitos

Os profissionais reivindicam diferentes questões relacionadas à categoria

20/07/2021 12:54h - Atualizado em 20/07/2021 18:09h

Compartilhar no

Professores concursados e substitutos se manifestaram em frente à prefeitura de Teresina. Os profissionais reivindicam diferentes questões relacionadas à categoria. 

Os educadores concursados foram aprovados no concurso público da Secretaria Municipal de Educação (Semec) realizado em 2019 e aguardam, até hoje, a convocação. Durante a manifestação nesta terça-feira (20), eles exigiam a nomeação dos 55 professores concursados, visto que está ocorrendo processo seletivo para professores substitutos. 

Professores concursados. Foto: Assis Fernandes/O Dia

O representante dos professores concursados, Airton Macedo, afirma que hoje houve um diálogo, onde lhe foi apresentado um documento constando o passo inicial para convocação dos professores. “Tivemos um começo. Mas, nosso movimento ainda não acabou. Vamos continuar lutando, tendo em vista que esse processo ainda está em andamento”, declara.

Airton Macedo.Foto: Assis Fernandes/O Dia

Airton informa ainda que o acordo será firmado a partir do momento em que todos os professores concursados estiverem convocados. O representante agradece também a população pelo apoio. “Hoje foi um dia muito importante!”, conclui. 

Já os professores temporários manifestaram-se a favor dos pagamentos que estão em atraso desde a semana passada, como, abono de férias não gozadas, décimo terceiro e verba por encerramento de contrato. 

Francisco Santana, representante dos professores substitutos, informa que as questões reivindicadas pela categoria terão direcionamentos diferentes. Ao conversarem com o secretário de governo, foram aconselhados a entrarem com um processo administrativo junto à Semec. 

“Porém, nós entendemos que a Secretária Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema), também  é responsável por esses contratos. Então fomos lá e lá falamos com uma pessoa do setor jurídico e ele também nos indicou um processo administrativo”, pontua.

Professores substitutos. Foto: Assis Fernandes/O Dia

O representante declara que esse processo administrativo está mais relacionado a questões contratuais, para aqueles que já estão finalizando o contrato e não receberam seus direitos. Já em relação ao abono férias, Francisco afirma que já havia ocorrido uma promessa de que durante essa semana, o valor seria pago.

“O secretário municipal de educação, Nouga Cardoso, já havia prometido que iríamos receber, porém até agora não recebemos. Já entrei em contato com o secretário para marcamos uma reunião jurídica com a Semec. Ainda não há data definida, mas estamos tentando marcar’, conclui o representante.

O secretário municipal do governo, André Lopes, afirmou que a reivindicação dos professores concursados já está sendo tratada, a partir do memorando de convocação dos 55 professores que foi encaminhado ontem (19). Todavia, André afirma que o processo ainda irá passar pelos trâmites da prefeitura.

André Lopes. Foto: Assis Fernandes/O Dia

"Durante a conversa, nós tivemos a grata surpresa de ver que já houve a iniciativa por parte da Semec de promover a contratação deles. O memorando já está no sistema solicitando a convocação dos 55 concursados, acredito que com isso a pauta foi contemplada”, declara. 

A respeito dos profissionais substitutos, o secretário informa que essa é uma questão jurídica e que se os professores que têm direito às verbas irão receber os valores. “Eles devem entrar com um processo administrativo no âmbito da Semec, para que isso seja direcionado a Sema a fim de que houvesse um parecer técnico que explicasse o porquê da falta do pagamento dessas verbas”, afirma.

Compartilhar no
Edição: Ithyara Borges

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário