• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Nova ponte sobre o Rio Poti deve ficar pronta até final de 2020

Serão investidos R$ 31 milhões na estrutura que terá 240 metros de comprimento com quatro vias de rolamento

29/10/2019 15:43h - Atualizado em 29/10/2019 15:48h

O caminho entre as zonas Norte e Leste de Teresina deve ser encurtado até o final do próximo ano. O motivo é a construção da nova ponte sobre o Rio Poti, que teve sua ordem de serviço assinada nesta terça-feira (29/10) pelo Prefeito Firmino Filho, no Palácio da Cidade. A obra possui um prazo de 14 meses para ser concluída e melhorar o tráfego entre as regiões. 

A construção vai ligar o bairro Água Mineral, próximo ao Balão da Coca-Cola, à Universidade Federal do Piauí. Serão investidos R$ 31 milhões na estrutura que terá 240 metros de comprimento com quatro vias de rolamento e espaço para ciclistas e pedestres. Em entrevista ao O DIA NEWS, o Prefeito Firmino Filho afirmou que trabalhadores e estudantes serão os grandes beneficiados com a nova ponte. 

“Essa obra faz parte de um conjunto de obras que está sendo realizado pela prefeitura não apenas para amenizar o problema da mobilidade urbana, mas para criar um outro modelo de mobilidade urbana na nossa cidade. A obra vai servir para as pessoas que moram na zona Norte que trabalham ou estudam na zona Leste e vai servir para as pessoas que moram na zona Leste e que por ventura trabalhem ou estudem na zona Norte ou no centro”, disse. 

O prefeito pretende inaugurar a obra no final de sua gestão. “Temos um prazo de 14 meses de construção, os recursos já estão garantidos, e nós esperamos que possamos entregar até o final do nosso mandato essa importante obra de mobilidade urbana”. 

(Foto: Divulgação / Prefeitura de Teresina)

Elevado da Tabuleta

Firmino Filho também comentou sobre a obra do elevado da Tabuleta. O prefeito revelou que alguns problemas foram enfrentados, mas até março os serviços serão concluídos. “Está andando bem. Tivemos algumas dificuldades por conta da intercessão dessa obra com as linhas de energia. Para que nós possamos avançar, por vezes, tivemos que ter um desvinculamento com as linhas de energia que passam por ali. A previsão é final do ano, início do próximo. Não tenho dúvida que até fevereiro, março esse viaduto vai ser entregue”, declarou. 

Por: Otávio Neto

Deixe seu comentário