Morre o escritor Assis Brasil aos 89 anos em Teresina

Autor de mais de 100 obras, o escritor e crítico literário era membro da Academia Piauiense de Letras. Sepultamento acontece ás 16h.

29/11/2021 08:08h - Atualizado em 29/11/2021 08:54h

Compartilhar no

Morreu neste domingo (28) em Teresina o acadêmico e escritor Assis Brasil. Assis Almeida Brasil havia sido submetido a uma cirurgia ortopédica na última sexta-feira (26) após sofrer um acidente doméstico e fraturar o fêmur. O procedimento cirúrgico foi realizado com sucesso no HUT.

O escritor recebeu alta hospitalar ainda no final de semana, estava bem em casa, mas na noite de ontem passou mal com uma insuficiência respiratória. O SAMU foi acionado, prestou os primeiros-socorros, mas Assis Brasil não resistiu, vindo a óbito por volta das 20 horas. O velório será realizado na funerária Pax União.

Assis Brasil era membro da Academia Piauiense de Letras, onde ocupava a cadeira 36. Romancista, cronista, crítico literário e jornalista, ele nasceu em Parnaíba em 1932 e teve uma intensa participação na imprensa nacional. Assis Brasil tem 106 obras publicadas entre romances, crônicas, ensaios e artigos.


Assis Brasil faleceu aos 89 anos em Teresina - Foto: Divulgação/Academia Piauiense de Letras

Acadêmicos e membros da Academia Piauiense de Letras lamentaram o falecimento do escritor Assis Brasil. Para o desembargador Oton Lustosa, perde-se um “ficcionista de grande valor no cenário da literatura brasileira, com vários livros publicados”. O deputado, acadêmico e historiador Wilson Brandão destacou Assis Brasil como “um grande brasileiro”.

Socorro Rios Magalhães, professora de Literatura e também membro da APL, afirmou que o falecimento do escritor significa “uma grande perda para a literatura brasileira”. Já para o acadêmico Magno Pires, o falecimento de Assis Brasil emudece, em parte, a literatura brasileira e a piauiense. Magno diz que as obras do escritor representam o seu grandioso legado à sociedade nacional. “Falece o escritor, porém, as obras permanecerão divulgando o escritor brasileiro”.

Por meio de nota, a Academia Piauiense de Letras lamentou a morte de Assis Brasil. O presidente da APL, jornalista Zózimo Tavares, disse que o falecimento do escritor “representa uma grande perda para o Piauí e a Literatura Brasileira, que ele engrandeceu com o seu gênio literário nas mais de 100 obras escritas e publicadas”.

O velório de Assis Brasil será na Paz União e o sepultamento está marcado para as 16h no cemitério Jardim da Ressurreição.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário