Menina de 9 anos cria loja de mudas para comprar celular para mãe em Teresina

Camila Luchesi, de 9 anos, teve a ideia de transformar mudas em um negócio rentável. A loja “Mudinhas da Camila” foi iniciada em fevereiro deste ano e a primeira venda foi feita no próprio bairro

07/05/2021 15:10h - Atualizado em 07/05/2021 15:21h

Compartilhar no

Foi observando as plantas do quintal de casa que a pequena Camila Luchesi, de 9 anos, teve a ideia de transformar mudas em um negócio rentável. Ela mora no bairro Parque Sul, na Zona Sul de Teresina, e tudo começou depois que ela perdeu o celular de sua mãe,Gabriela Luchesi. O aparelho foi encontrado tempos depois, mas a paixão pelo empreendimento continua até hoje.


Foto: Assis Fernandes/ODIA


Eu fui para a casa da minha avó e meu pai estava indo do trabalho para lá. Eu estava com minha mãe e meu irmão no carro dela. Eu queria levar o celular, mas só que a mamãe não deixou. Ela disse que era para eu deixar dentro do carro e assim eu fiz. Eu fui brincar e na volta para casa eu voltei com meu pai. Só que quando eu fui buscar o celular dela não encontrei em nenhum lugar e fiquei muito triste”, conta a menina.


Ao Portal O Dia.com, Gabriela contou que disse para a filha não chorar e explicou que ela tinha que procurar uma solução para o problema.

“Foi nesse que momento que a Camila chegou para mim e disse: ‘mãe, e se a gente vender as mudinhas de suas plantas? A senhora tem muitas plantas, era bom a gente fazer mudinhas e vender. Será se eu consigo comprar esse celular mais rápido? ’. Eu disse é claro”, explicou a mãe.

A loja “Mudinhas da Camila” foi iniciada em fevereiro deste ano e a primeira venda foi feita no próprio bairro, onde ela e mãe fizeram uma feira natural com todas as mudas para vender. A partir daí o negócio só cresceu.

“Eu nunca achei que ela fosse encabeçar essa história. Ela já foi atrás de fazer novas mudas e, quando a gente ia começar, meu filho encontrou o celular no carro dentro de uma sacola de brinquedos dele. Ele até chegou a dizer que ela não precisava mais fazer as mudas, já que tinha encontrado o celular, mas na mesma hora ela disse que não e que o dinheiro que arrecadasse seria para comprar outras coisas”, disse.

Gabriela ensina para Camila desde cedo a importância de ter o cuidado com que compramos e também da natureza. Juntas, elas semeiam não só plantinhas, mas um futuro melhor.

Camila tem novas pretensões de investimentos para o seu negócio. E como toda mulher que gosta de se arrumar, ela quer comprar joias com o lucro.

“Eu quero comprar brinco e um suporte para colocar o celular”, brincou Camila.

“Eu já via nas brincadeiras dela esse lado empreendedor. Sempre vinha com brincadeiras de ter hotel, spar e restaurante para eu e o pai dela pagar... Eu me sinto muito honrada em ter uma filha assim que tem esse lado empreendedor”, finalizou a mãe. 

Compartilhar no
Fonte: Com informações de Lalesca Setubal, da O DIA TV

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário