• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • Clínica Shirley Holanda
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Major Elizete Lima disputará eleição em 2020 pelo Republicanos

A informação foi dada em primeira mão ao Jornal O Dia News 1ª edição desta quinta-feira (17).

17/10/2019 15:19h - Atualizado em 18/10/2019 17:23h

A pré-candidata a vereadora de Teresina em 2020, major Eliete Lima, disse em primeira mão ao jornal O Dia News 1ª edição, na tarde desta quinta-feira (17), que disputará as eleições pelo partido Republicanos. Em 2018, a major esteve filiada ao Solidariedade, que na época era presidido pelo deputado estadual Dr. Pessoa. Ela explicou o motivo da saída do partido.



Major Elizete Lima explica saída do Solidariedade. Foto: Elias Fontenele

“Eu escolhi o Solidariedade a época pela pessoa que o conduzia, que é muito amiga e me acolheu superbem. Terminou o pleito de 2018 e mudou a presidência estadual e, outras pessoas entraram, e eu não me senti tão bem como eu estava antes”, explicou.

Eliete explicou ainda que, por ser militar, não pode permanecer em um determinado partido. “Na época da eleição eu vou lá e escolho uma sigla para concorrer as eleições. Então como eu já estava desfiliada, decidi abrir o leque de opções. Então irei para o Republicanos e vou concorrer pela sigla”, disse.

Major Elizete Lima explica como atuará caso ocupe uma cadeira na Camara de Vereadores de Teresina. Foto: Elias Fontenele

Questiona sobre como avalia a candidatura de Dr. Pessoa à prefeitura de Teresina, Eliete disse que apoiará quem ocupar o poder, mas que fiscalizará as ações do executivo.

“Se eu for uma representante do povo eu vou apoiar qualquer prefeito que esteja fazendo um bom trabalho. E se eventualmente ele não estiver fazendo um bom trabalho, aí farei a outra função do legislador que é fiscalizar. Ao contrário de que algumas pessoas pensam, vereador não é pra ficar fazendo calcamento aqui ou ali. Ele é também um fiscalizador do poder executivo”, disse. 

Edição: Adriana Magalhães
Por: Jorge Machado, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário