Em Teresina, lojas antecipam decoração temática a dois meses do Natal

Papais noéis, sinos, presépios além de vários outros itens nas cores vermelho, verde e dourado predominam nesta época do ano

27/10/2020 15:39h - Atualizado em 27/10/2020 15:51h

Compartilhar no

O mês de outubro ainda não chegou ao fim, mas muitas famílias já começam a planejar a decoração natalina para deixar a casa mais bonita, aconchegante e com clima de festa de final de ano em Teresina. Aproveitando essa procura, diversas lojas da Capital estampam em suas vitrines enfeites, bolas, árvores de natal, pisca-piscas, papais noéis, sinos, presépios além de vários outros itens nas cores vermelho, verde e dourado, que predominam nesta época do ano. 

Fotos: Elias Fontenele. 

A empresária Karine Holanda, que há mais de 30 anos trabalha com segmento de decoração em Teresina, explica que é uma tradição da loja antecipar a decoração de Natal para que os clientes possam se organizar para a tradição cristã. Além disso, todos os anos, sua empresa decora o canteiro central da Avenida Nossa Senhora de Fátima, na zona Leste da cidade. 

“A empresa, como de costume, todos os anos, decora tanto a loja como o canteiro central no começo de outubro para que as pessoas comecem a organizar sua casa ou empresa para a chegada do menino Jesus. Não é só eu vender a mercadoria em novembro e você colocar na sua casa. Você tem que se organizar”, explica. “Por exemplo, tem pessoas que limpam a casa, reformam o jardim, pintam a casa inteira. Neste ano, abrimos o Natal uma semana antes do dia tradicional. Ao invés do dia 15 de outubro, abrimos no dia 07”, completou. 

Fotos: Elias Fontenele. 

A empresária conta ainda que não há tendência natalina para 2020. Para ela, o ano atípico reflete a tendência de valorizar a família. “Eu costumo dizer que esse ano é um ano atípico, que a tendência é sermos felizes, aproveitarmos o dia e o mais importante: variolizarmos a família. Dentro das empresas que nós compramos Natal existem tendências. Por exemplo, um dos meus maiores fornecedores lançou o preto com branco. Mas acho que não iria deslanchar porque quem é que quer uma árvore de natal preta com branco?”, disse. 

Fotos: Elias Fontenele. 

Já a designer de interiores, Cristiane Fernandes, pontua que, neste ano, por causa da pandemia do novo coronavírus, as pessoas estão mais animadas para chegada do Natal. “Esse ano começou cedo. As pessoas já estão bem animadas para deixar sua casa bonita o mais rápido possível para decoração durar mais tempo. Elas passaram muito tempo em casa e, por isso, querem buscar o novo na expectativa de que tudo que estamos vivendo vai melhorar”, conta. 

A decoradora afirma que as cores verde e dourado são clássicas, mas a novidade do ano pode ficar pelos tons coloridos e o xadrez. “Verde e dourado são clássicos, nunca saem de moda, mas as pessoas estão optando pelo colorido. É uma tendência que já vem há alguns anos. O xadrez também voltou com tudo”, conta. 

“O Natal não será como ano passado, mas estamos trabalhando na data”, diz Sindilojas 

O presidente do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado do Piauí (Sindilojas/PI), Tertulino Passos, destaca que, por causa da pandemia do novo coronavírus, o Natal este ano será diferente. O Sindicato espera que a data seja “boa” para economia do Piauí. 

“Bom, o Natal esse ano não será como o do ano passado por causa da pandemia. As pessoas ainda estão com medo de comprar, mas estamos trabalhando para que a data seja boa”, disse. 

Ainda segundo Tertulino, apesar da crise causa pela pandemia, a Black Friday, marcada para o dia 27 de novembro, deve aquecer o mercado. “A Black Friday é mais uma forma de aquecer o mercado piauiense. Ela antecede o Natal e gera expectativa nos comerciantes. Esperamos que as datas sejam de crescimento para o Estado, já que oportunizam diferentes descontos e facilidades aos clientes”, finalizou. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Jorge Machado, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário