Kiki Freitas, filha do ex-governador Freitas Neto, morre durante parto em Teresina

Maria Cristina tinha 36 anos e havia anunciado a gravidez em dezembro do ano passado

21/07/2021 12:21h - Atualizado em 21/07/2021 14:00h

Compartilhar no

Faleceu na manhã de hoje (21), a odontóloga Maria Cristina Freitas, devido à complicações no parto. O fato ocorreu nesta quarta-feira, na Maternidade Santa Fé, localizada na zona Norte de Teresina. 

Conhecida como Kiki, Maria Cristina tinha 36 anos e havia anunciado a gravidez em dezembro do ano passado. O recém-nascido está sob cuidados médicos. 

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O PortalODIA.com entrou em contato com a Maternidade Santa Fé, que não deu maiores informações sobre o ocorrido. Segundo a assessoria, uma nota oficial está sendo preparada para divulgação na imprensa. 

Até o momento, não há informações sobre o velório e sepultamento de Maria Cristina Freitas.


A prefeitura de Teresina se solidariza com o ocorrido e em nota de pesar lamenta o falecimento da profissional. 

Confira nota na íntegra

Nota de Pesar

A prefeitura de Teresina lamenta o falecimento da odontóloga Maria Cristina Almendra Freitas, filha do ex-governador do Piauí, Freitas Neto e de Carlota Carvalho.

Kiki Freitas, como era conhecida, se destacou como uma excelente profissional de pesquisa em sua área.

O prefeito Dr. Pessoa se solidariza com a família e amigos enlutados e presta condolências nesse momento de dor.

Nas redes sociais, a deputada federal Iracema Portella, se manifesta lamentando a morte de Kiki.

"Não sei nem descrever a tristeza que estou sentindo com a partida tão cedo da querida Kiki, uma mulher incrível e que estava vivendo um momento mágico e feliz. Que Deus a receba, que conforte o coração de toda a família e lhes dê forças para suportar essa dor".


O deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Themístocles Filho, também prestou sua homenagem a Maria Cristina.


Foto: Reprodução/Redes Sociais




Kiki Freitas era coordenadora de Odontologia e Radiologia do Centro Universitário UniFacid. Através de nota de pesar, a instituição de ensino lamentou a morte da profissional e anunciou que suspendeu as atividades previstas para esta quarta-feira (21). 


A Federação das Industrias do Estado do Piauí (FIEPI) também emitiu nota de pesar pelo falecimento de Kiki Freitas. O texto apresenta condolências ao ex-governador Freitas Neto e considerou como irreparável a morte de kiki. 



Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário