FMS reduz para 21 dias o intervalo entre as doses da Pfizer em Teresina

Mudança segue o que foi recomendando pelo Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. Agendamentos abrem hoje (05) às 18h.

05/11/2021 12:04h - Atualizado em 05/11/2021 12:11h

Compartilhar no

A Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS) reduziu novamente o intervalo entre a aplicação da primeira e da segunda dose da vacina da Pfizer. A partir de agora, quem recebeu a primeira dose poderá receber a segunda três semanas depois, ou seja, 21 dias depois da primeira aplicação. A mudança segue todos os protocolos e normas previstas pela Anvisa e pelo Ministério da Saúde.

Esta é a segunda vez que as autoridades municipais de Saúde de Teresina reduzem o intervalo de aplicação do imunizante da Pfizer. Em outubro, a FMS havia diminuído entre tempo de três meses para apenas dois.


Foto: Divulgação/Sesapi

“No início da vacinação, o prazo era de três meses, depois foi alterado para oito semanas e agora o Ministério da Saúde autorizou a antecipação para três semanas. A FMS segue o que determina o Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde”, explicou a Fundação em nota.

Com a mudança no tempo de aplicação das doses da Pfizer, a FMS divulgou novas datas de agendamento da vacinação com o imunizante em Teresina: hoje (05), às 18 horas abre o agendamento para a segunda dose da Pfizer para quem tem data de recebimento marcada para até o dia 12 de dezembro no cartão de vacina. Esta data já respeita o intervalo de três semanas anunciado hoje.

Às 20 horas é a vez de quem tem 18 anos ou mais e ainda não se vacinou agendar sua primeira dose para o imunizante da Pfizer. Os agendamento podem ser feitos pelo site Vacina Já, da FMS.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações da FMS

Deixe seu comentário