Festa da Mãe de Deus será realizada na Catedral de Teresina dia 12 de outubro

A celebração está em sua 15ª edição e terá início às 8h, na igreja Nossa Senhora das Dores, na Praça Saraiva

07/10/2021 10:15h

Compartilhar no

O Dia de Nossa Senhora da Conceição Aparecida é comemorado no dia 12 de outubro, e para festejar a Padroeira do Brasil, a Arquidiocese de Teresina realizará a 15ª edição da Festa da Mãe de Deus. A programação iniciará a partir das 8h com um Momento Mariano e, em seguida, às 9h, missa solene presidida pelo Arcebispo Dom Jacinto Brito na Catedral Metropolitana Nossa Senhora das Dores, localizada na Praça Saraiva, no Centro de Teresina.

Com o tema “Com a Mãe Aparecida e São José numa Igreja em saída”, a Festa da Mãe de Deus representa uma expressão pública da fé e é um momento de grande unidade entre a Arquidiocese de Teresina e a igreja particular de todo o Brasil, em especial o Santuário de Nossa Senhora Aparecida. De acordo com o padre Fabio Fernandes, coordenador da festa, já são 15 anos de caminhada em celebração e agradecimento à Mãe de Deus.

(Foto: Divulgação/Arquidiocese de Teresina)

“Com Maria e com José, podemos entender que somos e devemos continuar sendo seguidores de Cristo para nos tornar uma Igreja em saída e em constante missão. Este ano, com a melhora do quadro pandêmico, vamos ter a nossa celebração presencial. Vamos seguir todos os cuidados e protocolos sanitários para que possamos colaborar fazendo nossa parte para virar essa página”, destacou.

Durante a celebração, por causa da pandemia da Covid-19, os fiéis que desejarem comparecer presencialmente devem seguir as orientações de distanciamento, respeitar as sinalizações nos bancos, usar obrigatoriamente máscara de proteção facial e higienizar as mãos com álcool em gel dentro da igreja.

Patrimônio Imaterial de Teresina

A Câmara Municipal de Teresina aprovou, em 2019, o decreto que reconhece a Festa da Mãe de Deus como Patrimônio Histórico-Cultural-Religioso-Imaterial do município. A festa acontece há mais de uma década e reúne fiéis e devotos de toda a Arquidiocese.

O reconhecimento por Lei da festa foi proposto pela vereadora Cida Santiago, e tem por finalidade a valorização dos artistas e pessoas envolvidas no evento, realizado pela Igreja de Teresina.

Anualmente, devotos acompanham a imagem da Padroeira do Brasil em procissão pelas ruas da capital no feriado dedicado a ela, no dia 12 de outubro. Por causa da pandemia, em 2020, a celebração aconteceu apenas virtualmente. Mas, por conta da flexibilização das medidas de isolamento social, a festa voltará a ser celebrada presencialmente sem a procissão.

“Ano passado não pudemos realizar nenhum tipo de evento por causa da situação crítica em que a pandemia se encontrava. Na ocasião, tivemos a celebração da Santa Missa presidida pelo arcebispo que foi transmitida por nossas redes sociais”, acrescentou padre Fábio.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário