• the shopping
  • Tirulipa
  • novembro azul 2018
  • show gustavo lima
  • Estreia programa Italo Motta
  • TV O DIA - fullbanner w3b
  • TV O Dia - fullbanner

Em Teresina, decorações nas ruas para Copa do Mundo ainda são tímidas

No bairro Monte Castelo, os moradores decoram a rua, mas de maneira mais tímida.

13/06/2018 06:58h

 A Copa do Mundo de 2018 ocorre na Rússia e a terra dos czares já está em clima de fes­ta com uma organização pri­morosa. Em Teresina, na rua Sizifo Correa, bairro Monte Castelo, os moradores tam­bém estão na mobilização há um mês para o evento. Com pintura dos muros e até das lixeiras, colocação de ban­deirinhas e balões, a rua foi adquirindo o colorido verde e amarelo, tão característicos desse período de Copa do Mundo.

Ou assim era até os cam­peonatos anteriores. Esse ano, é perceptível que a população não está com a mesma anima­ção para o evento. Isso é refle­tido na decoração das ruas e estabelecimentos e são vários os motivos. O principal deles seria financeiro, avalia a mo­radora da Rua Sizifo Correa, dona Mazé Feitosa.

“A união da rua, os amigos que aqui moram, a gente se reúne e faz como pode... Tem morador novo, todo mundo participa quando chega aqui. (...) É a brincadeira, a emo­ção, acho que a gente sempre tem que acreditar. Acho que a maioria das pessoas que deixaram de arrumar nem foi pela esperança de não ganhar, acho que foi mais o financeiro que está difícil mesmo”, assi­nala.


A população não está com a mesma animação para o evento, mas moradores ainda se unem em prol da Copa (Foto: Assis Fernandes/O Dia)

A decoração e festividades na rua já são tradição. Mazé conta que os moradores co­meçaram o tipo de ação na Copa de 2006 e não pararam desde então. A cada quatro anos, eles se organizam para o evento. Neste ano, eles fize­ram uma vaquinha para reunir o dinheiro necessário para de­corar a rua. Eles vão se reunir no domingo e estão tentando organizar um café da manhã na rua e uma banda para tocar durante a festa, que deve du­rar o dia todo.

Marco Antônio vive nesta rua há mais de 20 anos e se au­tointitula o animador da rua, que se adianta nas decorações da Copa do Mundo. “Ainda tem muita coisa para a gente fazer. Tem as bandeiras para botar, as bolas, vamos pintar o asfalto. Esse é um orgulho para a gente, vale a pena fazer a solidariedade para os nossos brasileiros. (...) Desde 1970 [torço], na época com 13 anos tive o prazer de ver a seleção ganhar”, diz.

O primeiro jogo do Brasil ocorre no próximo domingo (17), quando a seleção cana­rinho enfrenta a Suíça.

Moradores organizam torcida para a Argentina

Outro motivo para a falta de decoração nas ruas é um des­contentamento com a perfor­mance da seleção no último mundial. Jogando em casa, a seleção foi eliminada da com­petição ao perder da seleção alemã em um placar difícil de entender e que ninguém es­quece até hoje: o 7x1.

A Rua 8, no bairro Real Copagre, resolveu protestar contra a situação do Brasil, dentro e fora dos campos. Por lá, este ano, outra seleção vai receber a torcida: a Argenti­na. A mobilização foi iniciada com um dos moradores da rua, que conseguiu convencer os demais. Raimundo Júnior diz que todos estarão com os televisores ligados no sábado, para assistir à partida da Ar­gentina contra a Islândia.


Moradores afirmam que estarão com os televisores ligados no sábado, para assistir à partida da Argentina contra a Islândia (Foto: Assis Fernandes/O Dia)

“Desde aquele tempo que o Brasil perdeu de 7 a 1, nin­guém mais acreditou no Bra­sil. Nós aqui, particularmen­te, não acreditamos no Brasil mais não. Foi uma forma tam­bém de protesto contra a grande corrupção que tem no Brasil. Sábado agora vai ter o primeiro jogo da seleção, esta­mos aí para tomar aquela gela­dinha e torcer pela seleção da Argentina”, explica.

Segundo Raimundo Júnior, os demais moradores aceita­ram bem a ideia. No meio da decoração argentina, no en­tanto, se destaca um estabele­cimento que resistiu a mudar a decoração e permaneceu com as bandeirinhas em verde e amarelo.

Por: Ananda Oliveira - Jornal O Dia

Deixe seu comentário






Enquete

Um jovem morreu ao sofrer descarga elétrica colocando celular para carregar. Quais cuidados você toma em relação a isso?

ver resultado