Criança de 8 anos é sequestrada e sofre tentativa de abuso sexual em Teresina

O suspeito, que fugiu, ofereceu dinheiro para vítima e tinha intenções de abusar sexualmente dela

17/08/2020 15:50h - Atualizado em 18/08/2020 12:22h

Compartilhar no

Uma menina de 8 anos foi vítima de um sequestro relâmpago nesta segunda-feira (17), quando chegava em um comércio no bairro Parque Jacinta, na Zona Sul de Teresina. De acordo com a polícia, o suspeito ofereceu dinheiro para vítima e tinha intenções de abusar sexualmente dela. Ele fugiu em uma motocicleta.

“Pelos relatos da vítima ele queria estuprá-la. A criança se deslocava até um comércio próximo ao campo do Parque Jacinta, junto com outra criança do sexo feminino, quando o suspeito parou numa moto e ofereceu uma quantia de R$ 20 para ela. A criança de oito anos subiu na garupa da moto e eles saíram”, disse o capitão Sousa Lima, comandante da Companhia do Promorar.

Capitão Sousa Lima. Foto: Jailson Soares.

Ainda segundo o capitão, a criança contou que a todo o momento o homem a ameaçava de morte. “A criança nos relatou que, enquanto esteve com o suspeito na moto, ele a ameaçava de morte e dizia para ela não gritar. O criminoso a levou para um matagal, um lugar afastado, ainda na Zona Sul, mas ela percebeu a maldade no coração desse indivíduo e conseguiu fugir. No momento que ele parou no matagal, ela pulou da garupa e fugiu”, completou.

Matagal na Zona Sul. Foto: Jailson Soares.

Ainda conforme o relato da vítima, a polícia acredita que ele tenha desistido da ação criminosa. A polícia não deu detalhes de como chegou até a criança. A Polícia Militar realiza diligências na região para prender o suspeito, que fugiu.

“Nós temos uma imagem da criança em cima da moto com o suspeito. Já iniciamos os trabalhos de investigação para prendê-lo além de possivelmente receber informações via aplicativo e pelo 190”, concluiu o capitão. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Jorge Machado, do Jornal O Dia com informações de Francisco Filho, da O Dia TV

Deixe seu comentário