CPI do Transporte Público: em audiência, Ministério Público reitera apoio

No dia 11 de agosto, a CPI completará 90 dias de instauração.

28/07/2021 12:48h - Atualizado em 28/07/2021 12:56h

Compartilhar no

O vereador e presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Transporte Público, Dudu Borges, o Dudu (PT) se reuniu, em audiência nesta quarta-feira (28), com o subprocurador do Ministério Público do Piauí (MPPI), Hugo Cardoso, para tratar da situação do coletivos que atuam em Teresina, que firmou apoio para solucionar esta problemática. 

(Foto: Ascom CMT)

O presidente da CPI já havia afirmado que concluirá as investigações antes do prazo estabelecido de 120 dias. No dia 11 de agosto, a CPI completará 90 dias de instauração. Dudu também confirmou que mesmo com o recesso da Câmara Municipal, a análise da documentação e das informações que chegaram à Comissão seguirão em ritmo acelerado.

“Fico feliz de ter desse órgão de controle externo, que defende os interesses da sociedade, a afirmação de que estará sempre apoiando qualquer iniciativa que venha a melhorar os serviços públicos do município de Teresina. Concordamos que o transporte público realmente é um problema na nossa cidade e que a CPI pode dar uma solução. Vamos continuar trabalhando para dar uma resposta à sociedade em tempo ágil, até mesmo antes do prazo”, enfatizou Dudu.

Compartilhar no
Fonte: Com informações da Câmara Municipal de Teresina

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário