Voo com pacientes de Manaus atrasa após problemas de abastecimento

Os pacientes devem chegar ao Aeroporto Senador Petrônio Portella, em avião da Força Aérea Brasileira, por volta das 18h

14/01/2021 10:07h - Atualizado em 14/01/2021 12:58h

Compartilhar no

Atualizado às 12h48

A chegada dos pacientes Covid do Estado de Manaus (AM) estava prevista para às 13h desta quinta-feira (14) foi adiada para às 18h. O atraso se deu em decorrência de problemas de logística no abastecimento de oxigênio no avião da Força Aérea Brasileira que traria os pacientes para Teresina. O atraso foi informado pela Fundação Municipal de Saúde, que irá receber os pacientes no Aeroporto da Capital.


Publicada às 10h07

Chegam hoje (14) à Teresina 30 pacientes Covid do Estado de Manaus (AM) que estão sendoremanejados por equipes do Ministério da Saúde. Os pacientes devem chegar ao Aeroporto Senador Petrônio Portella, em avião da Força Aérea Brasileira, por volta das 13h.

(Foto: Divulgação/PMT)

O pedido foi feito pelo ministro da saúde Eduardo Pazuello ao presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Gilberto Albuquerque, na madrugada desta quinta-feira. 

"Hoje de madrugada fomos acionados pelo Ministério da Saúde, através do HU, para colaborar na pandemia e com o estado de calamidade que se encontra o Estado do Amazonas, principalmente Manaus. Então, nos montamos uma estrutura para que possamos receber esses pacientes, e a FMS está a disposição para colaborar neste momento e ajudar com a necessidade de leitos para outros Estados", afirma Gilberto Albuquerque.

Para o deslocamento dos pacientes serão utilizadas 11 ambulâncias, sendo duas avançadas e nove básicas.

“Já organizamos a logística de recebimentos dos pacientes. Ambulâncias avançadas, equipe de triagem, oxigênio, máscaras, cadeiras de rodas, apoio de transporte. O Hospital Universitário irá receber os pacientes clínicos. Faremos a triagem deles ainda dentro do avião para analisarmos o quadro de saúde antes de realizarmos o transporte”, informou Gilberto Albuquerque.

Aguarde mais informações.

Compartilhar no
Por: Isabela Lopes e Sandy Swamy

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário