Corrida Fenae do Pessoal da Caixa espera mil inscritos em sua 11ª edição

Este ano, o evento traz uma novidade: a corrida inclusiva para cadeirantes, que farão o percurso de 3km.

24/04/2019 07:09h

Compartilhar no

É comprovado que praticar atividade física auxilia na qualidade de vida das pessoas e uma das modalidades mais praticadas é a corrida. Essa atividade ajuda na redução do peso corporal, melhora o nível de colesterol, aumenta a capacidade cardiorrespiratória, entre outros benefícios. Para tornar este hábito ainda mais popular e incluí-lo no dia a dia das pessoas, será realizada a 11ª edição da Corrida Fenae do Pessoal da Caixa.

Este ano, o evento acontece no dia 19 de maio, com saída pontualmente às 7h da Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal do Piauí (Apcef/PI). A corrida é resultado da parceria da Apcef com as Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae). A competição possui duas modalidades: caminhada (3 km) e corrida (7 km) e este ano traz uma novidade: a corrida inclusiva para cadeirantes, que farão o percurso de 3km.

Segundo Glória Araújo, presidente da Apcef/PI, a Corrida Fenae do Pessoal da Caixa começou de forma amadora, como uma maneira de integrar os funcionários da instituição. Mas, como o evento acabou se tornando referência, hoje já faz parte do calendário esportivo de Teresina. 


Corrida acontece dia 19 de maio, com largada pontualmente às 7h - Foto: Divulgação

“Começou somente para os empregados da Caixa, mas hoje abrange todo mundo, tanto os funcionários como a população em geral e até grupos de corrida e quem gosta de praticar esporte. Mas a Corrida não é destinada somente para quem faz corrida, quem pratica caminhada também pode participar”, comenta.

A expectativa é de que mil pessoas participem do evento este ano, atingindo a mesma quantidade de inscritos do ano passado. Contudo, Glória Araújo enfatiza que o número de participantes sempre é maior, vez que, no dia do evento, corredores amadores aproveitam o trajeto para praticar corrida, mesmo sem ter feito a inscrição. 

Segundo a presidente da Apcef/PI, a criação de uma nova categoria, a Superação, voltada para cadeirantes e pessoas com deficiência, surgiu após parceria entre a Caixa e o Centro Integrado de Reabilitação (Ceir). “Ofereceremos toda estrutura de segurança, com agentes da Strans para controlar o trânsito com ajuda de batedores, polícia e ambulância, tanto no Clube como ao longo do percurso. Durante todo o percurso, temos pontos de água e, no final, faremos a distribuição de água e frutas para os corredores, além de sorteio de brindes enquanto fazemos a apuração dos vencedores”, acrescenta a presidente da Apcef/PI.

Compartilhar no
Por: Isabela Lopes - Jornal O Dia

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário