• Premium Outlet
  • Salve Maria
  • Jovens escritores 2019
  • Banner paraíba
  • AZ no rádio
  • cachoeir piaui
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner

Sargento do Exército ateia fogo na própria casa no Monte Castelo e foge

Ele fugiu em uma moto quando avistou a viatura da PM. Bombeiros foram acionados e conseguiram conter as chamas. Vizinhos relatam susto.

13/05/2019 10:12h - Atualizado em 13/05/2019 12:29h

Um sargento reformado do 2º Batalhão de Engenharia e Construção (2º BEC) está sendo procurado pela Polícia Militar após atear fogo na própria casa e fugir em seguida. Identificado como Marcos Antônio Sousa, mais conhecido como “Tita”, ele teria quebrado os móveis, Tv e computador e colocado fogo no quarto por volta das 08h30min da manhã de hoje (13) e as chamas assustaram os vizinhos, que acionaram os bombeiros e Polícia Militar.


Sargento reformado Marcos Antônio Sousa - Foto: Reprodução/Arquivo Pessoa/Facebook

Em conversa com o Portal O Dia, o tenente Costa, do Comando de Socorro do Corpo de Bombeiros, explicou que o fogo se concentrou mais no quarto e que as chamas foram contidas antes que se alastrassem mais. A forma como incêndio começou só poderá ser atestada após a realização da perícia no local. “Nós chegamos a tempo, controlamos o fogo e acionamos uma guarnição da PM para isolar a área e resguardar o patrimônio até que o dono da casa fosse localizado. Ao que consta, ele fugiu em uma mototcicleta  assim que viu a PM chegando”, explicou o bombeiro.


Casa ficou destruída com o fogo

A informação da fuga foi confirmada pelo comandante Mábio Cardoso, da Polícia Militar. Ele conta que o sargento reformado estaria embriagado e que apresentaria ainda transtornos emocionais. “Nos relataram que ele tem família, mas que está separado da mulher e mora sozinho na casa. No momento estamos fazendo buscas, mas até agora não temos informações sobre seu paradeiro”, afirma.

Vizinhos relataram que a relação com Marcos Antônio sempre foi tranquila e que nunca houve qualquer ameaça aos moradores por parte dele nos mais de 13 anos em que reside no local. No entanto, destacaram que Marco Antônio apresentou um comportamento agressivo na manhã de hoje, pouco antes de atear fogo na casa. Alguns moradores disseram que ele teria passado o dia de ontem bebendo.


“Eu estava estudando quando escutei um barulho. Ele chegou na moto, não teve gritaria nem nada, só o barulho dele quebrando todas as coisas dentro de casa. Quando eu saí, vi ele subindo na moto e corri pra avisar o restante da vizinhança. Quando voltei pra rua, já vi uma fumacinha subindo e um vizinho me ajudou a entrar em casa pra desligar o contador de energia. Mas aí o Tita chegou gritando que não era para entrar, porque ele tinha botado fogo para queimar mesmo”, relatou Alice Duarte, vizinha do sargento.


Foto: Assis Fernandes/O Dia

Dentro da residência, o rastro é de destruição. A casa possui uma sala, um banheiro, uma cozinha e um quarto e foi neste último que o fogo de concentrou. Sofás estão rasgados, uma mesa de vidro ficou quebrada e nas paredes as manchas escuras denunciam o fogo que quase tomou de conta do imóvel inteiro.

Bombeiros estão no local para a perícia e a PM continua isolando a área, enquanto outra equipe faz buscas pelo sargento Marcos Antônio.

Por: Maria Clara Estrêla e Geici Mello

Deixe seu comentário