• baile da santinha
  • monge executivo
  • e-titulo
  • TV O DIA - fullbanner w3b
  • TV O Dia - fullbanner

Consumo de água deve aumentar 26% durante o B-R-O-Bró

Para suprir a demanda, a Águas de Teresina promete incrementar até 17 milhões de litros de água por dia na rede distribuição.

31/08/2018 07:33h

O período do B-R-O-Bró chegou trazendo com ele as altas temperaturas. Com o calor mais intenso, é normal o aumento do consumo de água entre os meses de setembro e dezembro. A Águas de Teresina, responsável pelo tratamento e distribuição da água na Capital, estima que o consumo da população deva aumentar em até 26%. E para atender à demanda de forma mais efetiva, uma série de ações foram planejadas pela empresa.

Algumas intervenções que estão em andamento e outras que devem ser concluídas no mês de setembro, junto às demais ações planejadas, devem incrementar até 17 milhões de litros de água por dia na rede distribuição, beneficiando diretamente 219 mil pessoas. As duas principais medidas referem-se à requalificação na Estação de Tratamento de Água Sul (ETA Sul), que abastece cerca de 80% da cidade, e a perfuração de poços tubulares profundos.

“Estas são ações importantes e que vão melhorar de forma significativa o abastecimento nessas localidades, tornando o B-R-O-Bró melhor do que no ano passado. Outras obras que requerem soluções de engenharia mais arrojadas, de médios e longos prazos, estão no nosso planejamento para a zona Leste, por exemplo”, destaca Diego Mal Magro, diretor executivo da Águas de Teresina. 

Poços tubulares

A empresa também fará a perfuração de cinco novos poços tubulares profundos na zona Leste e concluirá a requalificação do sistema já existente. Desses, dois já foram executados nos bairros Satélite e Vale do Gavião, cada um com capacidade de vazão de 20 mil litros por hora. Os demais poços também têm a mesma vazão e serão interligados a reservatórios principais. 

Adutora

Também como parte do planejamento, será implantada, na Avenida Universitária, no bairro Ininga, uma adutora, que compreende um sistema de condução de 200mm e 2,4 km de extensão. O sistema atual responsável por abastecer a zona Leste passará por uma requalificação com a readequação dos quadros elétricos e substituição e instalação de novas bombas.

Outras obras

No mês de setembro, entre as obras a serem concluídas, ainda está a implantação da rede regular de abastecimento no Parque Vitória, na zona Sul, e no Residencial Dilma Rousseff, na zona Norte. Já na região do Lagoas do Norte, que compreende os bairros Mafrense, São Francisco, Mocambinho, Alto Alegre e Nova Brasília, haverá melhorias em setorização e interligações, que se referem à distribuição da água. 

Consumo consciente

Segundo a Águas de Teresina, a capital piauiense hoje produz mais de 4.000 litros de água por segundo. Com essas intervenções planejadas para os próximos meses, a expectativa é que esse número aumente para atender à demanda equivalente ao B-R-O-Bró. Mesmo com uma oferta de água maior para o período, Diego Mal Magro, o diretor executivo da empresa, destaca a importância de fazer um consumo consciente, evitando o desperdício. 

“Ao longo desse mês a gente vai começar a falar sobre consumo consciente. Alertar de forma educativa para que o desperdício não exista é um papel e uma obrigação da concessionária. Já tivemos ações no passado nesse sentido e continua ocorrendo isso nos nossos programas, principalmente nos programas sociais, que se aproxima da comunidade. A gente vai se comunicar cada vez mais sobre a forma de utilizar a água para consumo”, conta.

Por: Yuri Ribeiro

Deixe seu comentário






Enquete

Um jovem morreu ao sofrer descarga elétrica colocando celular para carregar. Quais cuidados você toma em relação a isso?

ver resultado