• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Confira como fica o trânsito durante o Corso de Teresina

Ao todo, 78 agentes da Strans vão trabalhar para coordenar o trânsito em onze pontos

10/02/2020 15:33h

O trânsito entorno da Avenida Raul Lopes vai sofrer alteração no próximo sábado (10) para a realização do Corso. A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) divulgou um mapa para orientar a chegada dos foliões, condutores que passarem pelo local e moradores que residem nas proximidades.

O Corso começa às 17h no início da Avenida Raul Lopes e segue no sentido Norte/Sul até a dispersão na rotatória do Parque Potycabana. O trânsito de veículos ficará proibido na Ponte da Primavera e Avenida Raul Lopes e a partir das 14h no trecho do setor de esporte da UFPI até a Potycabana.

Ao todo, 78 agentes da Strans vão trabalhar para coordenar o trânsito em onze pontos. Pelo menos oito cruzamentos serão fechados para o tráfego.

Ponte da Primavera (nos dois sentidos)

Avenida Raul Lopes (entre o setor de esportes da UFPI e rotatória da Potycabana)

Avenida Raul Lopes x Rua José Paulino

Avenida Raul Lopes x Rua Cel. Costa Araújo

Avenida Raul Lopes x Rua Ind. José Camilo da Silveira

Avenida Raul Lopes x Rua Anfrísio Lobão

Avenida Raul Lopes x Rua Des. Manoel Castelo Branco

Avenida Raul Lopes x Rua Senador Cândido Ferraz

Avenida Raul Lopes X Rua Júlio Mendes

Rua Marcos Parente x Rua Elias João Tajra

Para este ano, o Diretor de Operação e Fiscalização da Strans, Jaime Oliveira, explicou que os moradores de um condomínio localizado na avenida terão um acesso por uma área exclusiva.

“A novidade deste ano será a implantação de um gradil que permitirá a entrada e saída de veículos de um condomínio presente na avenida, os moradores terão um acesso isolado entre a garagem até um posto de gasolina localizado na Avenida Universitária”, pontua o diretor.

A orientação é que os foliões utilizem táxi, mototáxi ou transporte público para chegarem ao evento para evitar congestionemos e contratempos. 

Por: Otávio Neto, com informações da Strans

Deixe seu comentário