Com peças a partir de R$ 2, bazar arrecada recursos para ajudar pacientes com câncer

Bazar que acontece em Teresina vai arrecadar fundos para comprar cestas básicas para ajudar pacientes com câncer em Teresina. Evento segue até a sexta-feira (08)

06/10/2021 11:54h - Atualizado em 06/10/2021 14:39h

Compartilhar no

Na manhã desta quarta-feira (06), teve início o bazar solidário organizado pela Rede Feminina de Combate ao Câncer do Piauí. Tradicional na cidade, o evento teve que sofrer algumas alterações por causa da pandemia da Covid-19. O evento acontece no Lar de Maria, na Avenida São Raimundo, no bairro Piçarra, na Zona Sul de Teresina.

Foto: Reprodução/Internet 

O bazar funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, até o dia 08 de outubro. Serão vendidas roupas (novas e seminovas) para o público adulto e infantil, calçados e acessórios, a partir de R$ 2. O objetivo do bazar é arrecadar recursos para a compra de cestas básicas que serão doadas para pacientes oncológicos assistidos pela entidade em dezembro. Até o momento, mais de 100 pessoas passaram pelo local.



“A expectativa é a gente arrecadar R$ 7 mil para comprarmos cestas de natal e, o restante, iremos completar com as cestas que ganhamos de doações em dezembro. Esperamos que muitas pessoas passem por aqui. Os preços são atrativos que vão de R$ 2 a R$ 25”, disse Carmen Campelo, presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer, que tem 34 anos de fundação no Estado.


Foto: Reprodução/Internet 

Além da ação do bazar, Carmen pontua a importância da assistência dada à família para que paciente oncológico continue com o tratamento.

“Temos que dar essa assistência à família para que o paciente não desista do tratamento. Não adianta ter só os hospitais e os aparelhos. A Rede Feminina dá esse suporte de fraudas, leite, cestas de alimentos, remédios transporte além do abrigo. Nós damos essa estrutura para que ele permaneça.”

“A importância da rede é tão grande que após essa intervenção o índice de abandono caiu de 75% para 5%. Ou seja, os pacientes estão iniciando e finalizando o tratamento”, completa.

Quem procurou o local na manhã desta quarta-feira encontrou preços baixos. “O evento que foi no Centro, eu participei e levei bastante peças. Hoje estou comprando algumas roupas para minha sobrinha. Os preços estão ótimos”, disse Lucineide à O DIA TV.

A Rede Feminina no Piauí tem 34 anos de fundação. A entidade filantrópica tem como objetivo a luta social no combate ao câncer. O trabalho é realizado por um grupo de 70 voluntárias que realizam ações em prol do bem-estar dos pacientes oncológicos em situação de vulnerabilidade social.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário