Chuva desta segunda-feira atingiu o Sul e o Centro de THE com mais intensidade

Segundo dados do Cemaden, a precipitação chegou a 38 milímetros na região central da Capital. Força das águas abriu buracos e arrastou veículos.

02/04/2019 07:39h

Compartilhar no

A rápida chuva que caiu sobre Teresina na tarde desta segunda-feira (01) e que se repetiu durante a noite provocou muitos transtornos ao teresinense e voltou a expor as fragilidades para os problemas de drenagem e infraestrutura em casos de temporais. Segundo dados do Centro Nacional de Monitoramento de Desastres Naturais, o Cemaden, a chuva atingiu com maio intensidades as zonas Sul e Centro da Capital piauiense.

O pluviômetro automático do Cemaden registrou 38 milímetros de precipitação na região central de Teresina e na zona Sul, a força da água chegou a arrastar veículos, como se pode ver no vídeo abaixo, gravado na Avenida Deputado Ulisses Guimarães, bairro Promorar. Uma mulher pede socorro aos populares enquanto seu carro é levado em direção ao uma galeria pela correnteza que se formou. “Segura o carro, pelo amor de Deus!”, grita a mulher.


Além disso, foram registrados também pontos de alagamento no Parque Sul, onde populares fizeram imagens mostrando a situação das ruas completamente cobertas pela água, invadindo inclusive as casas. Também foram identificados vários pontos de inundação ao longo da Avenida Miguel Rosa, da Avenida Barão de Gurgueia e da Avenida Gil Martins.

Já na zona Leste, a força da água abriu um buraco no asfalto na altura do cruzamento da Rua Orquídeas com a Avenida Senador Area Leão, bairro Jóquei Clube. A Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU) Leste informou que a situação já havia sido identificada e que o local já tinha sido devidamente sinalizado. O órgão disse ainda que está atuando em cooperação com a Águas de Teresina para providenciar os reparos necessários.


Outros pontos de alagamento na zona Leste também foram registrados ao longo das Avenidas Jóquei Clube, Dom Deverino, Nossa Senhora de Fátima, Homero Castelo Branco e Presidente Kennedy. Estas são as principais vias de acesso naquela região da cidade. O balão principal da Universidade Federal do Piauí também ficou com uma parte praticamente coberta por conta do acúmulo de água, dificultando a passagem de veículos e a travessia de estudantes e profissionais do campus.

Compartilhar no
Por: Maria Clara Estrêla

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário