• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Cães vítimas de maus-tratos deixam canil e vão para adoção

Os quatro animais deixaram o local nos braços de voluntários para o abrigo Lar do Nando.

01/12/2019 13:47h - Atualizado em 02/12/2019 10:23h

Os quatro cães filmados sofrendo maus-tratos durante uma ação de agentes da Gerência de Zoonoses de Teresina (Gezoon) ganharam liberdade neste domingo (1) e foram levados para um abrigo. A transferência dos bichos foi acompanhada por instituições de proteção aos animais diante de muita comemoração.

Os animais estavam no canil da Gezoon desde a última quinta-feira (28) quando foram recolhidos no bairro Dirceu por agentes de zoonoses da prefeitura. Durante a atuação, populares filmaram os quatro cães sendo amarrados com cordas e arrastados. Nas imagens que circularam nas redes sociais, um dos bichos aparece com sangramento na boca e defecando devido à atitude dos agentes.


Leia também

Agentes de zoonoses serão investigados por maus-tratos a cães 


Órgãos e entidades independentes de proteção repudiaram o comportamento dos profissionais e se manifestaram ainda na quinta-feira para a libertação dos animais.  Contudo, ficou acordado entre os envolvidos que os cães passariam por exames e seriam liberados após 72h.

Na manhã deste domingo, os quatro animais deixaram o local nos braços de voluntários para o abrigo Lar do Nando. A administração informou que os bichos vão passar por avaliação de saúde e logo depois serão disponibilizados para adoção. Os interessados em adotar ou apadrinhar um dos animais podem comparece a sede do abrigo no Residencial Jacinta Andrade, Q - 138 / C- 13, ou através do contato (86) 9 9502 0743.

Fotos: Divulgação /  Lar do Nando

Agentes serão investigados

Segundo a advogada Laris Marques, vice-presidente da Comissão de Defesa e Proteção Animal da OAB-PI, um processo de investigação vai apurar o comportamento dos agentes envolvidos. “Boletins de Ocorrência foram feitos na Delegacia de Meio Ambiente que irá continuar o procedimento investigativo sobre o fato ocorrido envolvendo os funcionários da Zoonoses no bairro Dirceu”, explicou.

Através de comunicado, a Fundação Municipal de Saúde também afirmou que vai abrir um processo administrativo para investigar a conduta dos agentes. 

Por: Otávio Neto

Deixe seu comentário