Alça da Ponte Wall Ferraz é interditada por tempo indeterminado

O acesso à Avenida Padre Humberto Pietro Grande continua interditado para avaliação e reparos pela SDU Leste.

08/04/2019 17:34h

Compartilhar no

Após ser interditada no último sábado (6), devido a fissuras ocasionadas pelo grande volume de chuvas em Teresina e pela enchente do Rio Poti, a alça da Ponte Wall Ferraz, que liga a zona Sul à zona Sudeste de Teresina, com acesso à Avenida Padre Humberto Pietro Grande, continua interditada para avaliação e reparos pela Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste).

Alça da Ponte Wall Ferraz é interditada por tempo indeterminado. (Foto: Divulgação/PMT)

Segundo o engenheiro civil da Coordenação de Asfaltamento, Daniel Pereira, com a elevação das águas do Rio Poti, ocorreu uma erosão lateral em uma das contenções do aterro na alça, fazendo com que aparecesse uma fissura no local. “A fissura apareceu no sábado e, quando foi identificada, fizemos uma interdição parcial da alça. Ontem e hoje estamos fazendo o monitoramento para saber a evolução e, como continua tendo abertura da fissura, mantivemos a interdição”, explica.

Equipes da SDU Leste estão se mobilizando para fazer um enrocamento (sobreposição de rochas) na lateral para dar estabilidade para o aterro. Daniel Pereira explica que, após a colocação das pedras, a fissura será aberta para fazer a correção da base e, posteriormente, a reposição asfáltica. Ainda não há previsão para liberação da via.

Até o momento, apenas um ajuste emergencial foi feito no local e a SDU Leste aguarda a redução do volume do Rio Poti para dar continuidade ao reparo. Contudo, com o volume de chuvas abaixo do esperado para o final de semana, o rio tem registrado queda no volume de água, mesmo com a abertura de comportas na Usina de Boa Esperança ao meio-dia deste domingo.

Compartilhar no
Por: Nathalia Amaral, com informações de Lívio Galeno.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário