Mais de mil beneficiários do "Minha Casa" são considerados desistentes

Eles foram convocados para regularizar pendências e preencher vagas do cadastro reserva, mas não compareceram no prazo estabelecido.

13/07/2017 08:09h - Atualizado em 13/07/2017 08:14h

Compartilhar no

Dos 1.391 beneficiários do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) convocados pela Prefeitura de Teresina, apenas 210 compareceram ao posto de atendimento dentro do prazo estabelecido - representando 15% dos convocados. A chamada incluía pessoas com pendências em documentos e também para o preenchimento de vagas pelo cadastro reserva. 

A assistente social da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), Cristiane Miranda, explica que o prazo estipulado para regularização de pendências e preenchimento de vagas foi de um mês, de 12 de junho a 12 de julho. O prazo não será prorrogado e os beneficiários que não se apresentaram ao posto de atendimento do Programa serão considerados como desistentes e terão o processo arquivado. 

Prefeitura ainda vai definir destino de vagas remanescentes (Foto: Arquivo O Dia)

De acordo com a assistente social, quem foi convocado por pendência deveria levar o documento solicitado para regularizar sua vaga. Já quem foi chamado pelo cadastro reserva deveria levar todos os documentos para preencher a vaga, conforme indicado no edital divulgado. “A convocatória foi divulgada através de sites de notícias e jornais, além do site da Prefeitura. O edital deixa claro que a forma de acesso à informação das chamadas e resultados de entrada nos documentos é por meio do site da Prefeitura. O ideal era que eles estivessem acompanhando”, argumenta. 

Para Cristiane, o principal motivo do não comparecimento é que as pessoas não estão acompanhando o processo do Programa no site devido. “Eu acredito que elas não estejam buscando no local certo. Desde o início, foi falado que é através do site. Mesmo quem não tem acesso à internet pode estar pedindo outras pessoas para acompanharem, porque o recomendado foi que quem se inscreveu acompanhasse todo o processo no site da Prefeitura”, esclarece. 

Segundo a representante da Semduh, no último dia do prazo de comparecimento, ontem, a procura aumentou, mas não foi significante, visto que o posto de atendimento só funciona meio expediente. Ela explica que, após o encerramento do período, será feito um levantamento dos dados a fim de verificar quantas vagas foram preenchidas e quantos beneficiários resolveram as pendências. Posteriormente, a Semduh vai se reunir com os órgãos que acompanham o Programa para traçar as novas definições e saber como tratar as vagas remanescentes. 

Os beneficiários convocados foram sorteados nos dias 15 de outubro de 2014 e 30 de julho de 2015, que corresponde às etapas III e IV do Minha Casa Minha Vida. Ao todo, 466 contemplados foram convocados para solucionarem pendências e os outros 925 para formalizarem o dossiê de atendimento no MCMV

Compartilhar no
Edição: Virgiane Passos
Por: Karoll Oliveira

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário