‘Pode acontecer com qualquer pessoa’, diz vereadora que atropelou mulher em Teresina

A vítima, Jesiane Melo, está internada em um hospital particular de Teresina em estado grave.

27/09/2021 17:45h

Compartilhar no

A vereadora Laysa Coelho de Araújo, do MDB de Uruçuí, se pronunciou através de vídeo publicado em uma rede social, na tarde desta segunda-feira (27), sobre o seu envolvimento no atropelamento de Jesiane Nunes Melo em um acidente ocorrido no último sábado (25) em Teresina. 

A vereadora, que vai responder em liberdade ao processo de lesão corporal, disse em um vídeo que gostaria de reconhecer o seu erro. “Infelizmente, não posso voltar no tempo para mudar. É uma situação muito difícil e que pode acontecer com qualquer pessoa, em um piscar de olhos. Espero que tudo fique bem”, falou a vereadora. 


Além de ter causado o acidente, Laysa também estava dirigindo veículo automotor sem ter Carteira de Habilitação e sob efeito de álcool. No carro dela, uma picape Amarok, a polícia encontrou uma garrafa de bebida alcoólica debaixo do banco. A parlamentar se recusou a passar pelo exame de corpo de delito e desacatou a delegada plantonista da Central de Flagrantes. 

Laysa também disse que muitas informações que foram divulgadas nas redes sociais eram inverídicas. “Muito do que foi vinculado nas redes sociais não é verdade. Permaneci no local, solicitei socorro e ofereci a vítima todo o suporte necessário desde o início”, declarou a vereadora. 

A vítima, Jesiane Melo, está internada em um hospital particular de Teresina em estado grave.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário