• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Sintomas de miopia podem mascarar problemas mais graves

Doença pode ser corrigida com o uso de óculos, lentes de contato ou cirurgia corretiva

30/01/2018 10:10h

A miopia é um problema de visão bastante comum. E fazer o acompanhamento frequente junto a um oftalmologista é importante tanto para a identificação da doença quanto para tratá-la e controlá-la, evitando o desenvolvimento de problemas mais graves. O sintoma mais comum da miopia é a dificuldade em enxergar objetos mais distantes. A doença é provocada por uma alteração na retina.

Diagnosticado com miopia ainda quando era criança, o estudante Victor Melo relata que passou vários anos sem se consultar e sem fazer o uso de óculos, acarretando problemas em sua saúde. “Como deixei de usar óculos, comecei a sentir a vista cansar sempre que eu lia, meu olho ardia. Devido a isso, resolvi procurar um oftalmologista”, relata.

A doença pode ser provocada por fatores genéticos, mas também por outros aspectos; por isso, o oftalmologista Ricardo Luís Gonçalves recomenda a visita frequente ao consultório médico, tanto para melhorar a qualidade de vida do paciente, como para um diagnóstico correto da doença. “Às vezes, essa miopia é uma falsa miopia, já que algumas doenças podem induzir os sintomas da doença. Fazer uma avaliação é fundamental por isso”, alerta.

Quando diagnosticado corretamente, o problema de visão pode ser controlado com o uso de óculos, lentes de contato ou com a realização de uma cirurgia corretiva. Em casos em que a miopia é considerada grave, para paciente com mais de seis graus, é recomendado pelo menos uma avaliação por ano, para evitar problemas mais graves. “A miopia patológica apresenta uma possibilidade maior de causar alterações, inclusive com o descolamento da retina. Quem é míope patológico tem que fazer uma avaliação todo ano, para evitar problemas como descolamento de retina, catarata e glaucoma”, explica o oftalmologista.

Edição: Virgiane Passos
Por: Breno Cavalcante

Deixe seu comentário