PI registra aumento de 40,8% dos casos de chikungunya na 1ª semana de Junho

Somente na primeira semana de Junho foram registradas 951 ocorrências da doença no Piauí.

09/06/2017 15:17h

Compartilhar no

De acordo com dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde nesta sexta-feira (09), o Piauí registrou aumento de 40,8% dos casos de chikungunya na primeira semana de junho. Segundo a Sesapi, na 21º semana epidemiológica (25 a 31 de maio) foram registrados 675 novos casos prováveis de chikungunya, enquanto na 22º semana (01 a 07 de junho) foram registradas 951 ocorrências, 276 a mais. 

Apesar da quantidade elevada de ocorrências, os números registram uma queda de 31,7% em relação ao mesmo período de 2016, sem registro de óbitos.  As maiores incidências de chikungunya por 100 mil habitantes foram registradas nas cidades de Várzea Branca (388,6), Bom Jesus (193,2), Floriano (176,9), Oeiras (176,2) e Arraial (171,3).

Registro de dengue cai no Piauí

Em levantamento feito pela Sala Estadual de Coordenação e Controle das Ações de Enfrentamento à Microcefalia da Sesapi, o Piauí registrou uma redução de 46,2% nos casos de dengue, em relação ao mesmo período de 2016. De 01 de janeiro a 09 de junho deste ano, foram 2.227 casos notificados em 98 municípios. 

Os municípios que apresentaram maiores índices de notificações da doença foram Teresina (1.005), Pedro II (151), Floriano (103), Parnaíba (86) e Alto Longá (80). Na capital foram registrados três e em Pedro II um caso de dengue grave.

Em relação a zika, 131 casos foram notificados em 12 municípios. Possíveis casos da doença foram notificados nos municípios de Oeiras (63), Teresina (54), São Gonçalo (02), Tanque do PI (02) e Pedro II (02). Os números da microcefalia registram 10 novos casos em 2017.

Compartilhar no
Por: Nathalia Amaral

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário