• COMBATE AO MOSQUITO AEDES AEGYPTI 2019 - 2020
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Nutricionista diz que é preciso fugir dos excessos

População tende a exagerar nas comidas e bebidas durante as confraternizações e festas de Natal e Réveillon

12/12/2019 12:30h

Final de ano é quase sempre a mesma programação para milhares de pessoas: come-se e bebe-se muito nas confraternizações. Poucos conseguem escapar dos excessos, porque é tempo de festa e até mesmo manter a dieta do ano inteiro fica complicado. 

Como ninguém quer deixar de participar dos eventos com colegas do trabalho, amigos da faculdade, amigos do futebol, clube das mães e tantas outras festas, é preciso ficar atento aos pratos, porque o mês de dezembro é recheado de festas e nelas sempre há muita comida e bebida.


A nutricionista Lilian Lopes alerta que não devemos cometer excessos a mesa em qualquer época do ano

Só que os especialistas alertam que comer e beber em excesso a qualquer época do ano coloca as dietas e a saúde em risco. Este é um dos alertas que faz a nutricionista Lilian Lopes.

A mesma regra que vale para todo o ano vale para o mês de dezembro: tentar fazer pratos balanceados com a presença de todos os grupos alimentares. "O correto é comer em pequenas quantidades e assim não terminar se privando daquilo que gosta durante as comemorações", acrescenta. Para quem gosta de consumir de bebidas, como o vinho, por exemplo, tentar intercalar com a ingestão de água, pois ajuda a diminuir os efeitos da bebida e hidratar o corpo.

Veja algumas dicas para tentar fugir da comilança de fim de ano

1. Faça um prato gostoso e saudável com salada, frutas e carne assada. Dá até para comer um pouco daquela sobremesa deliciosa que só aparece nas festas de fim de ano;

2. Tente comer pequenas porções acompanhadas de vegetais e frutas;

3. No dia seguinte à comilança, volte rapidinho para a dieta;

4. Fuja dos alimentos gordurosas e bastante calóricos, como salgadinhos, biscoitos, bolos, pães de queijo e pizzas;

5. Comece a servir seu prato com os alimentos mais saudáveis, assim sobrará menos espaço no prato para as comidas gordurosas.

Edição: Virgiane Passos

Deixe seu comentário