Caio consegue doador 100% compatível

Família recebeu a notícia ontem. Caio faz tratamento em Roma.

14/12/2013 16:34h - Atualizado em 14/12/2013 16:53h

Compartilhar no

O pequeno Caio Augusto, de 5 anos, que luta contra a leucemia desde 2010, recebeu uma ótima notícia, ontem. O médico responsável pelo seu tratamento, no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, informou à família que havia sido encontrado um doador de medula 100% compatível.


Caio, no início do tratamento em Roma

Até agora, não há detalhes sobre quem seria essa pessoa, mas ela já tem a gratidão de todos que torcem pela recuperação do Caio. Segundo a tia do menino, Sara Rodrigues, o doador é um verdadeiro anjo. “Encontrá-lo representa uma vitória muito importante nessa batalha, que ainda é bastante longa. Esse doador veio através das orações e das boas energias que todos sempre mandam para o Caio”, disse Sara.

Atualmente, Caio está em Roma na companhia da mãe, Lara Rodrigues, e do pai, Leonardo Raulino. Lá, o pequeno participa de um estudo que testa a mais nova droga no tratamento contra a leucemia. “Como ele não respondeu bem ao tratamento convencional de quimioterapia, precisamos recorrer a esse método inovador”, conta a tia.


Caio ao lado dos pais, Lara Rodrigues e Leonardo Raolino

O tratamento, que começou há uma semana, dura três meses. Caio vai receber a infusão do medicamento durante 28 dias, em seguida passa 14 dias sem a droga e volta a recebe-la por mais 28 dias. Somente após ter se livrado das células leucêmicas é que ele poderá voltar ao Brasil e fazer o transplante.

Segundo Sara Rodrigues, ainda é cedo para dizer alguma coisa a respeito do tratamento que Caio está recebendo em Roma. O desconhecimento em relação à língua estrangeira, também dificulta o diálogo com os médicos. Para ter melhores informações, a família conta com a ajuda de pessoas amigas, que moram na cidade. “O que sabemos é que a droga está agindo e começa a fazer efeito”, disse Sara.


A serenidade do Caio impressiona toda a família

Há nove meses, Caio passou por um transplante de medula óssea. As células do cordão umbilical foram doadas pelo seu irmão mais novo, Leonardo, que está com um ano de vida. Depois de algum tempo, contudo, a doença voltou e Caio precisou recorrer ao tratamento em Roma.

Família faz rifa para ajudar no tratamento do Caio

Na época do primeiro transplante, a Campanha Ajude o Caio mobilizou muitos piauienses, bem como pessoas de outros estados. O valor arrecadado pela família foi o suficiente para custear o tratamento naquele período e ainda ajuda com as despesas atuais.


Faqueiro que está sendo rifado para ajudar o tratamento do Caio

Mas a batalha é longa e a família precisa de mais recursos para continuar. Por isso, eles estão rifando um faqueiro banhado a ouro. O ponto custa R$ 50,00. Para concorrer, basta depositar ou transferir a quantia para a conta do Caio ou do seu pai, Leonardo.

Será necessário o envio do comprovante por email para [email protected] “Após recebermos o comprovante, retornamos com o seu número disponível para sorteio”, explica Sara. O sorteio será realizado no dia 11 de Janeiro de 2014, às 18h, pela Loteria Federal.


Contas para depósito:

1.  CAIO AUGUSTO RODRIGUES PEREIRA

BANCO SANTANDER: 033 / AGENCIA: 2050 / CONTA POUPANÇA: 60-009141-4

2. LEONARDO AUGUSTO RAULINO PEREIRA

BANCO DO BRASIL: 001 / AGENCIA: 1637-3 / CONTA CORRENTE: 16.542-5


A mãe de Caio, Lara Rodrigues, juntamente com a tia do menino, está sempre atualizando a página “Ajude o Caio” no Facebook. Lá elas também contam, diariamente, como ele está respondendo ao tratamento. 

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário