Wellington Dias pede suspensão de voos entre o Brasil e quatro países

Em algumas regiões da Europa já foi detectada uma nova variante do coronavírus 70% mais transmissível.

23/12/2020 09:21h

Compartilhar no

Diante do agravamento da crise do coronavírus, com registros recentes de mutações do vírus em algumas regiões da Europa, muitas nações voltaram a fechar suas fronteiras. É o caso, por exemplo, da Itália, que já impediu a chegada no país de voos vindos do Reino Unido. 

Ontem (22), o governador Wellington Dias, presidente do Consórcio do Nordeste, oficiou o Ministério da Saúde pedindo que o Brasil pare de receber voos do Reino Unido, Dinamarca, Holanda e Austrália.


O governador Wellington Dias solicitou a suspensão de voos entre o Brasil e quatro países - Foto: Reprodução/Youtube

A medida visa justamente evitar que a nova cepa do coronavírus encontrada nesses países chegue ao Brasil. Já há estudos comprovando que essa nova variante do vírus é capaz de infectar mais facilmente as crianças e que tem uma velocidade de transmissão maior que o que foi registrado na primeira onda da pandemia de covid-19.

Além de pedir que sejam interrompidas as chegadas de voos desses quatro países ao Brasil, Wellington Dias solicitou também que os passageiros vindos de outros países fiquem em quarentena ao chegar ao Brasil e que, durante o período de isolamento total, sejam submetidos a testes RT-PCR, que detecta o coronavírus.

Vale lembrar que no último dia 21, a Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) autorizou a prorrogação por mais 180 dias, ou seja, até junho de 2021, o estado de calamidade em saúde pública no Estado em decorrência da pandemia de covid-19.

Compartilhar no
Por: Maria Clara Estrêla, com informações do Governo do Estado do Piauí

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário