• Canta
  • SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Wellington comemora criação do Plano de Desenvolvimento do Nordeste

Para o governador, o plano vai possibilitar uma maior facilidade na captação de recursos para a realização de obras importantes.

25/05/2019 12:03h

O governador Wellington Dias (PT) avaliou positivamente a reunião do conselho deliberativo da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), realizada nessa sexta-feira(24), em Recife, com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro. Para o governador, o Plano de Desenvolvimento do Nordeste, apresentado pelo Governo Federal, vai possibilitar uma maior facilidade na captação de recursos para a realização de obras importantes. 

“No Piauí, temos a BR-222, Ferrovia Transnordestina, BR-235, também o aeroporto de Bom Jesus. Também investimentos na área de educação, os pólos de saúde, e também projetos no setor de tecnologia”, pontuou Wellington, ao ressaltar que com o Plano de Desenvolvimento aprovado, os recursos vão estar assegurados, uma vez que estarão previstos no Plano Plurianual. “Estando no Plano Plurianual, vamos poder disputar, com prioridade, recursos da União. Temos até o mês de julho para fazer a revisão de quais são as cidades, em cada estado, que serão polos deste desenvolvimento”, completou. 


Reunião dos governadores com o presidente da República em Recife - Foto: Divulgação

Wellington também comemorou a aprovação da proposta de utilizar parte dos recursos do Fundo para investimentos na infraestrutura dos estados, com objetivo de atrair maiores investimentos. “Destaco ainda a aprovação de propostas que tratamos no Fórum de Governadores, que é colocar 30% dos recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) - aproximadamente R$ 8 bilhões por  ano - para financiamentos voltados diretamente para infraestrutura dos estados e também para investir em tudo que for necessário para atrair mais investimentos do setor privado”, destacou o governador do Piauí. 

O Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste deve ser apreciado pelo Congresso Nacional até agosto e poderá ser implementado a partir de 2020. O plano contempla os nove estados da região, além do norte dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo.

Por: Natanael Souza - Jornal O Dia

Deixe seu comentário