• SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Wellington assina carta contra decreto que facilita porte de arma no Brasil

Na carta, governadores julgam que as medidas previstas pelo decreto terão impacto negativo na violência, aumentando a quantidade de armas e munições que podem abastecer criminosos.

21/05/2019 15:42h

O governador Wellington Dias assinou a carta contra o decreto presidencial que ampliou o porte de armas no país. Os gestores de 14 estados pedem que o Governo Federal, junto ao Legislativo e ao Judiciário, atuem pela imediata revogação do dispositivo, que, segundo eles, não contribui para a diminuição dos índices de violência. 

“O Brasil realizou um plebiscito e, pela vontade soberana do povo, tomou uma decisão de que devemos trabalhar uma política de paz, na qual se faz restrições ao uso de armas e munição, concentrando nos agentes de segurança a tarefa do combate à criminalidade. Quanto mais pessoas desarmadas, mais paz, sem dúvidas. É esse o caminho que a maioria dos governadores e do povo acha que é viável”, destacou Wellington Dias.

O governador Wellington Dias (Foto: Assis Fernandes / O DIA)

Na carta, os governadores julgam que as medidas previstas pelo decreto terão impacto negativo na violência, aumentando a quantidade de armas e munições que podem abastecer criminosos, além dos riscos de que discussões entre os cidadãos acabem em tragédias.

Eles falam ainda sobre a necessidade de implementar ações que melhorem a rastreabilidade das armas e munições durante toda a sua existência, desde a produção. Também julgam fundamental aumentar os meios de controle e fiscalização para coibir os desvios, enfrentar o tráfico ilícito e evitar que as armas que nascem na legalidade caiam na ilegalidade e sejam utilizadas no crime.

Além de Wellington Dias, também assinam a carta os governadores do Distrito Federal, Maranhão, Pernambuco, Ceará, Paraíba, Espírito Santo, Bahia, Rio Grande do Norte, Alagoas, Sergipe, Amapá, Tocantins e Pará.

Por: Natanael Souza

Deixe seu comentário