Visando eleições, Georgiano transfere seu domicílio eleitoral para Teresina

Apesar da clara demonstração da sua intenção, Georgiano afirma uma eventual candidatura só será tratada em 2020.

28/03/2019 17:34h

Compartilhar no

O deputado estadual Georgiano Neto (PSD) fez uso das suas redes sociais nesta quinta-feira (28) para anunciar a mudança do seu domicílio eleitoral para Teresina. “Hoje transferi meu domicílio eleitoral para a cidade onde vivo, pago impostos, cobro e realizo ações como deputado estadual, contribuindo com seu desenvolvimento”, escreveu em publicação no instagram. 

Na postagem ele ainda enfatiza que agora tem o “direito de votar e ser votado”, evidenciando ainda mais uma possível candidatura à Prefeitura de Teresina em 2020. Procurado por O Dia, o deputado enfatizou que a transferência de domicílio eleitoral dar mais consistência e legitimação ao trabalho que tem feito por Teresina, onde sempre teve uma boa votação. “Só aumenta nossa obrigação e compromisso com a cidade”, disse.

Apesar da clara demonstração da sua intenção, Georgiano afirma uma eventual candidatura só será tratada em 2020, pois a preocupação no momento é continuar atuando enquanto deputado estadual, no entanto, não descarta nenhum cenário, principalmente se for bem avaliado pelos teresinenses e por prováveis aliados. 

“Existe um sentimento muito grande de renovação. A frente da Prefeitura há um grupo político comandando o poder há quase 30 anos, e isso traz uma fadiga à população, que pede mudanças e renovação, com nomes novos e outras maneiras de pensar a cidade, que traga desenvolvimento e claro, que respeite e valorize as pessoas”, conclui o parlamentar.

Cargos

Questionado sobre quais espaços o PSD pretende ocupar no governo do Estado, Georgiano disse que a intenção era permanecer desenvolvendo o trabalho realizado a frente da Coordenadoria de Desenvolvimento Social e Lazer (CDSOL), extinta na reforma administrativa. 

“Estamos aguardando o governador, acredito que nos próximos dias ele deve estar chamando os partidos aliados para dar início à formação do novo governo. Já manifestamos o interesse de continuarmos contribuindo com a sua gestão, e essa questão de definir a área quem vai dizer é ele, estamos no aguardo”, comenta o deputado.

Compartilhar no
Edição: João Magalhães
Por: Breno Cavalcante

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário