Vereadores aprovam reajuste em aluguel para famílias desabrigadas

Líder do prefeito na CMT, a vereadora Graça Amorim (PMB) ressalta que embora o aumento no valor pareça pequeno, beneficia as famílias que tiveram a estrutura de suas casas comprometidas.

11/04/2019 06:55h

Compartilhar no

A Câmara Municipal de Teresina (CMT) aprovou nesta quarta-feira (10), em duas votações, o Projeto de Lei encaminhado pela Prefeitura da capital, propondo o reajuste do valor do aluguel das residências que acolhem as famílias desabrigadas na cidade, o chamado Programa Cidade Solidária. Com a alteração, o auxílio passa de R$ 250 para R$ 300. 

Líder do prefeito na CMT, a vereadora Graça Amorim (PMB) ressalta que embora o aumento no valor pareça pequeno, beneficia as famílias que tiveram a estrutura de suas casas comprometidas. Para ela, é uma maneira de amenizar a situação até que o poder público providencie uma nova residência ou uma reconstrução. 


Foto: Poliana Oliveira/O Dia

“É um beneficio eventual, que a prefeitura presta às famílias que têm seu imóvel comprometido pelas enchentes, alagamentos ou por destruição, e que precisam sair para um novo aluguel ou para a casa de parente. Em decorrência dessa despesa a prefeitura tem esse Alguel Solidário, além de prestar também assistência com cesta básica e kits de higiene e habitação”, disse a parlamentar.

O decreto emergencial, assinado pelo prefeito Firmino Filho (PSDB), faz com que essa alteração tenha validade de 90 dias, mas prorrogável pelo mesmo período. Dessa forma, as famílias poderão receber R$ 300 mensais, para alugar uma residência ou se solidarizar com outra família, de forma que ela possa ser acolhida com maior dignidade.

“Na medida em que se valoriza quem abriga e fortalece a solidariedade, ao mesmo tempo se evita que as pessoas vítimas de um infortúnio dessa natureza fiquem no relento, sem nenhum acolhimento”, reforça o secretário Samuel Silveira, secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

Compartilhar no
Por: Breno Cavalcante - Jornal O Dia

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário